Você está aqui: Página Inicial / Setembro de 2018 – Ano IV – Nº 041

Setembro de 2018 – Ano IV – Nº 041

 

Informativo Mensal – Setembro de 2018 – Ano IV – Nº 041

 

PROGEPE inaugura Galeria dos Pró-Reitores de Gestão de Pessoas

 

No dia 4 de setembro, o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Carlos Guilhon, inaugurou no Hall de entrada da PROGEPE, a Galeria dos Pró-Reitores da PROGEPE com a placa e a foto da primeira Pró-Reitora de Gestão de Pessoas da UNIRIO, a Assistente Social e Mestre em Serviço Social, Mariana Flores Fontes Paiva, que teve sua gestão no período de 2014 a 2016.

Mariana Flores ocupou o cargo de Pró-Reitora de Gestão de Pessoas desde a sua criação e foi uma das integrantes do Grupo de Trabalho que criou a PROGEPE após a aprovação do Conselho Universitário (CONSUNI), conforme Resolução nº 4.269, de 12/12/2013 e consolidada sua reestruturação na Resolução nº 4.327, de 29/04/2014. Durante a gestão de Mariana foram desenvolvidas, aprimoradas e implementadas diversas ações na área Administrativa e de Desenvolvimento de Pessoas visando à valorização dos trabalhadores de toda Universidade.

O atual Pró-Reitor de Gestão de Pessoas, Carlos Guilhon, falou da trajetória de Mariana Flores desde a participação na criação da PROGEPE, sendo uma das principais integrantes do grupo de trabalho e do trabalho desenvolvido com a criação da PROGEPE. 

 

Carlos Guilhon, atual Pró-Reitor da PROGEPE e Mariana Flores,primeira Pró-Reitora da PROGEPE

 

José Antônio de Oliveira, Carlos Guilhon e Mariana Flores

 

O Administrador José Antônio de Oliveira, idealizador da homenagem, explicou sobre o trabalho desenvolvido na gestão da primeira Pró-Reitora de Gestão de Pessoas e durante a criação da PROGEPE.

Mariana Flores cujo o slogan da gestão era “Cada trabalhador deve ser sujeito do seu processo de trabalho” falou sobre a importância do trabalho em equipe para a construção e desenvolvimento da PROGEPE e sugeriu além da foto de cada Pró-Reitor, a foto de cada equipe que fez parte da gestão.

Dentre algumas das principais atividades desenvolvidas durante a gestão de Mariana Flores: criação do informativo “PROGEPE informa”, criação do site da PROGEPE, realização de eventos pelo Dia do Servidor, realização de eventos em homenagem aos aposentados, ampliação da divulgação das informações e ações realizadas pela PROGEPE, realização da ação de dimensionamento da força de trabalho da UNIRIO, melhoria do processo de admissão de servidores técnico-administrativos e docentes, informatização da avaliação de desempenho, realização de cursos internos com aproveitamento dos servidores da universidade como instrutores, implantação e desenvolvimento do programa de capacitação dos servidores técnico-administrativos, realização de projetos especiais Educação pelos Sentidos e Por seu Olhar Servidor, desenvolvimento do programa de ambientação através do projeto Unirio de Braços Abertos,Desenvolvimento do Programa de Saúde Mental, de Avaliação dos Ambientes de Trabalho, atualização cadastral de todos os servidores, além de outras ações.

Carlos Guilhon e Mariana Flores fizeram o descerramento da placa de inauguração da galeria que contou com a presença de toda a equipe da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da UNIRIO.   

Mariana Flores falando sobre a homenagem para os servidores da PROGEPE 

 

 

 Carlos Guilhon, Pró-Reitor da PROGEPE e Mariana Flores, primeira  Pró-Reitora de Gestão de Pessoas da UNIRIO  fazendo o descerramento da placa

 

 

    

      Primeira placa da Galeria dos Pró-Reitores da PROGEPE

  

Mariana Flores e a placa em homenagem a primeira gestão da PROGEPE

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

SAAPT divulga Relatório preliminar dos resultados da Avaliação de Desempenho anual dos servidores Técnico-Administrativos 2017

 

O Setor de Acompanhamento e Análise do Processo de Trabalho (SAAPT), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), disponibilizou os dados preliminares levantados a partir das Avaliações de Desempenho do ano de 2017 no endereço eletrônico http://www.unirio.br/progepe/RelatrioPreliminarAD2017site.pdf

O relatório contempla o resultado das Avaliações de Desempenho Individuais realizadas tanto na plataforma on-line quanto as realizadas de modo impresso pelos Técnico-Administrativos do Hospital Universitário Gaffreé e Guinle (HUGG). Já os dados referentes à Avaliação da Gestão Coletiva do Trabalho dizem respeito somente ao contexto de trabalho dos servidores que realizaram suas avaliações no sistema, não sendo possível levantá-los por meio dos formulários impressos.

Os relatórios setoriais ainda serão encaminhados às respectivas unidades organizacionais sendo também apresentados dados durante as reuniões de divulgação do processo avaliativo de 2018 previstas para ocorrer no mês de outubro.

Mais informações podem ser obtidas no SAAPT por meio do telefone (21) 2542-5523 ou e-mail progepe.saapt@unirio.br.

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Abertas as inscrições para o curso Introdução à Libras no Contexto Universitário

As inscrições para o curso de capacitação interna Introdução à Libras no Contexto Universitário estão abertas até às 12h, do dia 24 de setembro, segunda-feira. As aulas serão ministradas pelos instrutores Ruan Sousa Diniz e Eberson dos Santos Sarmento, tradutores-intérpretes da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Este curso é oferecido pelo Setor de Formação Permanente (SFP), da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), em parceria com a Comissão de Acessibilidade da UNIRIO e será realizado no período de 26 de setembro a 31 de outubro, sempre às quartas e sextas-feiras, das 9h às 12h, na sala da Coordenação de Relações Internacionais. Serão disponibilizadas apenas 20 vagas.

Desconstruir mitos relacionados à Libras e à comunidade surda, compreender os aspectos linguísticos da Libras e adquirir vocabulário básico para comunicação em Libras no contexto universitário são alguns dos objetivos desta capacitação, que terá carga horária total de 30h. Podem participar servidores (docentes e técnico-administrativos), reintegrados e terceirizados da UNIRIO. Assista ao vídeo sobre o curso na página do SFP no facebook:      https://www.facebook.com/sfp.progepe/videos/513155802429625/

Aproveitem mais uma oportunidade de desenvolvimento!

Confira o Plano de Curso no endereço eletrônico http://www.unirio.br/progepe/PlanodecursoIntroduoLibrasnoContextoUniversitrio2018.pdf

Faça sua inscrição através do link:
https://goo.gl/forms/OOyO9Fp5HZKJ6wMk2

A Coordenação de Relações Internacionais fica localizada no prédio da Reitoria, na Av. Pasteur, 296 – Urca.

 

 ________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

PROGEPE disponibiliza relação das Portarias dos processos de Progressão/Promoção Docente/Aceleração/RT

 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) informa abaixo a listagem com os números das portarias editadas pela Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente (DAFFP) em 27/07, 03/08, 08/08, 16/08 e  20/08/2018 . As portarias são referentes aos processos de Progressão/Promoção Docente/Aceleração/RT que serão publicadas no Boletim Interno da UNIRIO.

 

Portarias PROGEPE de 27 de julho de 2018

1137 - PAULO SÉRGIO MARCELLINI - 003332/2018-31

 

Portarias PROGEPE de 03 de agosto de 2018

1146 - RAFAEL BRAGA GONÇALVES - 003512/2018-12

1147 - MARINA CARVALHO SPOLADORE REZENDE - 003736/2018-24

 

Portarias PROGEPE de 08 de agosto de 2018

1164 - HELOISA DIAS BEZERRA - 003376/2018-61

 

Portarias PROGEPE de 16 de agosto de 2018

1226 - SILAS FANTIN - 003668/2018-01

1227 - ANDERSON JUNGER TEODORO - 003432/2018-67

 

Portarias PROGEPE de 20 de agosto de 2018

1259 - EDUARDO PERNAMBUCO DE SOUZA - 003692/2018-32

1260 - ANA TERESA NOGUEIRA DUMANS - 004276/2018-51

1261 - ALMIR CÔRTES BARRETO - 004377/2018-22

1262 - JAQUELINE SANTOS BARRADAS - 004359/2018-41

1265 - GIOVANNI NICOLA UMBERTO ITALIANO COLOMBINI - 003327/2018-28

1238 - JOÃO MARCUS FIGUEIREDO ASSIS- 003728/2018-88

1239 - ADRIANA CESÁRIO DE FARIA ALVIM - 004006/2018-41

1240 - FÁTIMA TERESINHA SCARPARO CUNHA - 003646/2018-33

1241 - FERNANDA JUREMA MEDEIROS - 003788/2018-09

1242 - GEYSA BIGI MAYA MONTEIRO - 000966/2018-31

1243 - STENIO KARLOS ALVIM FIORELLI - 003642/2018-55

1244 - ALESSANDRA DA SILVA PEREIRA - 002610/2018-32

1245 - OMAR LUPI ROSA SANTOS - 002711/2018-11

1246 - LUIZ HENRIQUE CHAD PELLON - 003658/2018-68

1247 - ALESSANDRO CARVALHO SALES - 003531/2018-49

1248 - ANDREIA LUIZ MONTENEGRO DA COSTA - 004189/2018-02

1249 - KARINE CRISTINNE DA SILVA CUNHA - 004039/2018-91

1250 - GISELLE SOUZA DA SILVA - 003732/2018-46

1251 - DANIELE ACHILLES DUTRA DA ROSA - 004314/2018-76

1252 - DANIEL ARAGÃO MACHADO - 004040/2018-15

1253 - MARIA SIMONE DE MENEZES ALENCAR - 004059/2018-61

1254 - CARLOS MAGNO CARVALHO DA SILVA - 003714/2018-64

1255 - PAULO CESAR ALVEZ AZIZI - 003650/2018-00

1256 - PAULO CESAR ALVEZ AZIZI – 003644/2018-44

1257 - PAULO CESAR ALVEZ AZIZI - 003645/2018-99

1258 - ANA CÉLIA BAPTISTA KOIFMAN - 000906/2018-19

 

Mais informações podem ser obtidas na Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente (DAFFP) através do e-mail progepe.daffp@unirio.br ou pelo telefone (21) 2542-5516.

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________

Comunidade acadêmica pode votar para a escolha do selo comemorativo dos 40 anos da UNIRIO

Em celebração pelos 40 anos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) em 2019, a comunidade acadêmica pode participar da primeira ação de celebração do aniversário da UNIRIO através da votação do selo comemorativo.

Em junho de 1979, a Lei nº 6.655 transformou a Federação das Escolas Federais Isoladas do Estado do Rio de Janeiro (Fefierj) em Universidade do Rio de Janeiro, a UNIRIO e somente em 2003 a Instituição teve seu nome alterado para o atual Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, mantendo a sigla.

Há quatro versões para o selo e podem participar da votação docentes, servidores técnico-administrativos e estudantes devidamente matriculados na UNIRIO.

Para escolher a opção preferida, basta entrar no link bit.ly/2osc6V6. O código de acesso é o número do CPF (sem pontos ou traço), e cada participante pode votar apenas uma vez.

A votação está aberta até o dia 3 de outubro. Participe e faça parte das comemorações dos 40 anos de nossa Universidade!

 _________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Setor de Formação Permanente oferece curso de Estatística Básica Aplicada solicitado por servidores da UNIRIO

 

Na primeira semana deste mês, começaram as aulas do curso de capacitação interna Estatística Básica Aplicada, ministrado pelo prof. Alexandre Silva.  Foram abertas vinte (20) vagas, visando atender a uma demanda dos próprios servidores da  UNIRIO.  No primeiro semestre deste ano, o SFP/Progepe lançou o Levantamento de Necessidades de Desenvolvimento – LND 2018. A partir deste instrumento, foi possível detectar as necessidades mais urgentes e mais específicas de treinamento dos servidores.  O curso de Estatística é um ótimo exemplo, e aproveitamos a oportunidade para compartilhar, neste espaço, dois depoimentos de servidores da  UNIRIO, que fazem parte desta primeira turma.  

        

 Prof. Alexandre (em pé) e participantes do curso de Estatística, na Urca

 

“A experiência de participar do curso de Estatística atende a uma necessidade que eu já apontava, há alguns anos, nas minhas Avaliações de Desempenho e, mais recentemente, no LND 2018. Além da relevância dos conhecimentos compartilhados no curso para o exercício das minhas atribuições como Técnico em Assuntos Educacionais, considero importante que as demandas que apontamos nos instrumentos de avaliação sejam levadas em consideração na formulação das políticas de capacitação e aperfeiçoamento da PROGEPE.

A minha prática recente tem demonstrado a importância do levantamento de dados para a compreensão do perfil dos discentes da UNIRIO, além de apontar caminhos para o desenvolvimento de políticas de apoio e assistência estudantil. No âmbito da Escola de Letras, onde estou lotado, faço parte da Comissão Interna de Avaliação de Curso (CIAC), na qual realizamos um levantamento da percepção do corpo discente em relação ao curso e à instituição.

Os conhecimentos adquiridos no curso, até o momento, já trouxeram contribuições preciosas para trabalhar com levantamentos de dados. Também vale destacar que o  professor Alexandre Silva procura tornar o curso o mais prático possível, pedindo inclusive que os participantes tragam exemplos a partir dos dados com os quais já lidam em suas práticas diárias na UNIRIO. Considero que iniciativas como essas são de grande valia para o conjunto de servidores da instituição e contribuem para a construção de uma Universidade que seja capaz de dialogar com as necessidades de uma sociedade em constantes transformações.”

                                 William Garcia dos Santos, Técnico em Assuntos Educacionais – Escola de Letras/CLA

“Estatística é um assunto bastante vasto. Objetivo aqui não é formar estatísticos, mas oferecer uma noção mínima de boa qualidade, que proporcione aos participantes uma busca mais profunda dos conteúdos abordados. A metodologia utilizada pelo professor Alexandre é excelente, interativa, dinâmica, com uma linguagem acessível para o entendimento de um grupo bastante heterogêneo. O professor discute assuntos do cotidiano nas diferentes áreas, de forma que todos possam participar. Destaco ainda o cuidado que o instrutor tem com os participantes, a fim de que esses não saiam da aula com dúvidas. O tempo de aula passa de forma imperceptível. Sugiro outros cursos com edições mais avançadas. Aproveito para parabenizar a PROGEPE pela iniciativa.”

                                   Solange Vicentini, Professora do Dep. De Ciências Fisiológicas - IB

A exemplo dessa iniciativa, o Setor de Formação Permanente tem trabalhado para criar oportunidades de aproximação das necessidades dos servidores no que concerne ao seu aperfeiçoamento profissional. Os cursos ofertados incidem sobre as funções desempenhadas na instituição, contribuindo para que haja melhoria e excelência nos serviços prestados à sociedade, especialmente à comunidade acadêmica.

Nesta perspectiva, ressaltamos a importância da manutenção do diálogo constante com os servidores a fim de atendê-los no campo da formação e na busca pelo conhecimento aplicado ao trabalho na esfera administrativa. Vale também destacar a receptividade de nosso Setor a novas propostas/projetos assim como a oferta do curso de estatística.

 

 ________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
_________________________________________________________________________________________________________________________

Incêndios, o que fazer caso aconteça?

 

Com grande pesar que presenciamos na última semana o incêndio que aconteceu no Museu Nacional, que resultou na destruição do  patrimônio histórico e cultural que se encontrava ali preservado e exposto. Além de nós da UNIRIO sermos impactados como todo brasileiro foi (ou deveria ter sido) temos um motivo a mais para sentirmos a perda do museu. Esse motivo é que o museu era administrado pela UFRJ, que por ser uma universidade federal também passa por problemas parecidos com os nossos em relação a proteção e combate a incêndio. E o fato de acontecer uma tragédia dessa em uma instituição muito semelhante a nossa faz com que gere um sentimento de apreensão em todos.

O objetivo deste texto infelizmente não é dizer como nossa universidade está protegida contra incêndios e sinistros, apesar de existir esforços muito grandes para que se tenha um projeto de combate a incêndio e pânico. O objetivo deste texto é informar a você nobre colega de trabalho, o que fazer caso ocorra um incêndio. Abaixo seguem algumas orientações:

1°) Não banque o herói: Muitas pessoas morrem em situações de sinistro por achar que vão salvar as outras ou objetos de valor. Lembre-se, ajuda muito quem não atrapalha.

2°) Avalie a situação: Em caso de sinistro, antes de tudo é necessário avaliar a situação. Uma lixeira pegando fogo é diferente de uma sala pegando fogo. Na imensa maioria dos casos você seguirá a recomendação n° 3.

3°) Ligue 193 e saia do local o mais rápido possível: Essa é a dica de ouro. Ligue para o corpo de bombeiros, informe a situação calmamente e responda tudo que for questionado de forma clara e sucinta e saia do local.

Essas 3 dicas já te tornou o suficiente para lidar com a maioria dos casos de sinistro e não atrapalhar o trabalho do corpo de bombeiros, mas algumas outras dicas também são importante:

-  Mantenha, se possível, as roupas molhadas.

-  Em situações críticas feche-se no banheiro, mantendo a porta umedecida pelo lado interno e vedada com toalha ou papel molhados.

Þ Em condições de fumaça intensa cubra o rosto com um lenço molhado.

Þ Não fique no peitoril antes de haver condições de salvamento, proporcionadas pelo Corpo de Bombeiros. Indique sua posição no edifício acenando para o Corpo de Bombeiros com um lenço.

Þ Aguarde outras instruções do Corpo de Bombeiros.

Þ Em caso de incêndio, se você se encontra em lugar cheio de fumaça procure sair, andando o mais rente possível do piso, para evitar ficar asfixiado.

Þ Vendo correr uma pessoa com as roupas em chamas, não a deixe fazê-lo. Obrigue-a a jogar-se ao chão e rolar lentamente. Use de força, se necessário, para isso.

Þ Se for possível, use extintor ou mangueira sobre o acidentado.

Þ Ao perceber um incêndio não se altere; estando num local com muitas pessoas ao redor, não grite nem corra.

Þ Trate de sair pelas portas principais ou de emergência, de maneira rápida, sem gritos, em ordem, sem correrias. Nunca feche com chaves as portas principais e as de emergência.

É  um pouco complicado falar para manter a calma em uma situação de stress como um incêndio, mas provavelmente a sua habilidade de manter a calma é o que fará a diferença entre você sobreviver ou morrer. Basta observar qualquer incêndio em prédios, tem alguns muito famosos, onde as pessoas se jogam pela janela. Provavelmente o socorro chegaria ali a alguns minutos e não manter a calma fez essas pessoas perderem a vida.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O PROGEPE informa do mês de setembro traz como homenageada da coluna NOSSA GENTE desta edição, a servidora técnica-administrativa, que ocupa o cargo de técnica de enfermagem Nathalie Ferreira de Andrade, lotada no Centro Cirúrgico Geral, do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG) e que tomou posse na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) há exatamente 1 ano e foi responsável por apresentar um trabalho de grande relevância na área de Direitos Humanos na Holanda.


 
Nathalie Andrade, homenageada da Coluna Nossa Gente     

  
A técnica de enfermagem atuando no HUGG
 
Em abril de 2018, Nathalie terminou o mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolvendo a pesquisa “Pacificação na favela não Para a favela” sobre a promoção de políticas públicas em zonas periféricas. Fez inscrições em Congressos para apresentar o trabalho e no final de 2017 participou do concurso de artigos do Instituto Iberoamericano de Haia, passando por diversas etapas até conseguir ganhar o concurso e apresentar a pesquisa em um espaço de discussão de grande relevância na promoção dos Direitos Humanos.
 
Nathalie durante o congresso na Holanda  


    

Nathalie apresentando a pesquisa na VII Semana Iberoamericana da Justiça Internacional
 
Os colegas de trabalho apoiaram e parabenizaram a vitória no concurso. Nathalie também contou com o apoio da chefia direta na liberação do ponto, que foi homologada pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), para que pudesse participar do concurso no período de 28 de maio a 8 de junho de 2018 para apresentar a pesquisa na VII Semana Iberoamericana da Justiça Internacional, promovida pelo Instituto Iberoamericano de Haia, na Holanda. Nathalie custeou as despesas com a ajuda de amigos e reunindo economias. A pesquisa será publicada no Anuário Iberoamericano de Direito Internacional Penal até o final de 2018.
“Todas as pessoas, independente da categoria em que estão enquadradas, podem produzir conhecimento. A PROGEPE tem um trabalho muito interessante, de grande relevância no desenvolvimento da universidade como um todo. É importante estimular o funcionário a buscar conhecimento, não somente para realização pessoal, mas para colaborar com a comunidade. A UNIRIO hoje para mim significa segurança e um caminho longo a seguir”, finalizou Nathalie.
A PROGEPE parabeniza Nathalie pela conquista e estimula o desenvolvimento de todos os servidores da UNIRIO através do conhecimento, oferecendo programas na área de capacitação e qualificação.
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________________