Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pseudogynoxys chenopodioides (Kunth) Cabrera

Pseudogynoxys chenopodioides (Kunth) Cabrera

Família: ASTERACEAE

Nome científico: Pseudogynoxys chenopodioides (Kunth) Cabrera

Nome popular: senécio-confuso

 

Pseudogynoxys chenopodioides - Canto das Flores 9

Pseudogynoxys chenopodioides - Canto das Flores 1

Pseudogynoxys chenopodioides - Canto das Flores 2

Pseudogynoxys chenopodioides - Canto das Flores 3

Fotos: Ricardo Cardoso Antonio

Pseudogynoxys chenopodioides - Organicidade - Canto das Flores 4

Pseudogynoxys chenopodioides - Organicidade - Canto das Flores 5

Fotos: Alice Worcman - Organicidade

Pseudogynoxys chenopodioides - Alexandre Machado 2

Pseudogynoxys chenopodioides - Alexandre Machado 1

Fotos: Alexandre Machado (@alexandrejbrj)

Pseudogynoxys chenopodioides - Stefano - Canto das Flores 8

Foto: Stefano / Creative Commons BY-NC-SA

Pseudogynoxys chenopodioides - Mauricio Mercadante - Canto das Flores 7

Foto: Maurício Mercadante / Creative Commons BY-NC-SA

Pseudogynoxys chenopodioides - Mauricio Mercadante - Canto das Flores 6

Foto: Maurício Mercadante / Creative Commons BY-NC-SA

Barra exsicata

Para o PDF da etiqueta, clique aqui.

Pseudogynoxys chenopodioides - Exsicata

Foto: Matheus Gimenez Guasti

Barra verde - características

Pseudogynoxys chenopodioides, conhecido como senécio-confuso, trepadeira-mexicana ou flama-mexicana, é uma espécie de trepadeira nativa da América Central e do Sul, cultivada principalmente pela beleza de suas flores dispostas em capítulos laranja-avermelhados, extremamente vistosos. Mesmo sendo ornamental, tornou-se indesejada em várias partes do mundo por causa de seu rápido crescimento e facilidade adaptativa, que fizeram dela uma planta ruderal com alto potencial invasor.

Esta espécie se apresenta como uma trepadeira perene, sufruticosa, com caules verdes, levemente avermelhados, bastante entrelaçados ao longo do seu crescimento, podendo atingir até 10 m de comprimento se encontrar suporte. Suas folhas possuem filotaxia alterna, com lâminas pecioladas, opacas, glabras e membranáceas, com nervuras proeminentes na face abaxial; são lanceoladas, com ápice agudo ou acuminado, base truncada e margem denteada. Suas inflorescências são tipo capítulo, pedunculadas, dispostas em corimbos terminais. O receptáculo possui flores sésseis, onde as flores do disco são hermafroditas, com corolas tubulares amarelas, e as flores do raio são femininas, com corola liguladalígulas lineares, tridentadas no ápice, de cor laranja-avermelhado. Fruto tipo aquênio, com pappus.

Sem usos medicinais conhecidos, há relatos de que todas as partes da planta são tóxicas se ingeridas e que podem causar dermatites de contato em pessoas sensíveis. Sendo cultivado apenas com finalidade ornamental, o senécio-confuso possui manutenção muito fácil e floração espetacular que se estende por todo o ano, sendo muito intensa, especialmente, na primavera. É muito utilizado na composição de ambientes rústicos, jardins suspensos, cercas-vivas, pérgolas e treliças e, principalmente, para quem deseja atrair borboletas para seu jardim. Sua introdução em vários países como espécie ornamental favoreceu seu escape para áreas onde é indesejada, como bordas de florestas e florestas secundárias; após se estabelecer, o senécio-confuso cresce extensivamente sobre a vegetação nativa, sombreando-a e dificultando sua sobrevivência pela monopolização de recursos. Sua alta capacidade reprodutiva (por sementes ou fragmentos de caule), seu rápido crescimento e pouca exigência no cultivo tornaram-na uma espécie ruderal, sendo facilmente encontrada em matagais, terrenos baldios, margens de estradas e áreas perturbadas pela ação humana.

Um de seus nomes populares, flama-mexicana ou "Mexican flame-vine" é uma clara referência ao seu hábito de trepadeira e à cor de seus dramáticos capítulos florais. Seu outro nome, senécio-confuso é a versão aportuguesada do seu nome científico antes de receber a atual nomenclatura, quando ainda pertencia ao gênero Senecio L., sendo então chamado de Senecio confusus. O gênero Senecio deriva do latim senex, que significa velho ou antigo, uma alusão aos frutos maduros que cobriam totalmente o receptáculo esférico do capítulo com o pappus esbranquiçado, tornando-o semelhante à cabeleira de um homem idoso1. O seu crescimento desordenado, sem rumo certo, apoiando-se em suportes e cercas, valeu o epíteto específico confusus, do latim, que indica algo pouco claro, embaralhado ou desordenado.

Seu nome atual, Pseudogynoxys chenopodioides, tem a história também originada na taxonomia vegetal. Antes ainda de se chamar Senecio confusus, esta espécie pertencia a outro gênero: Gynoxys Cass. Este nome se origina das palavras gregas γυνή (gyní) que se refere ao feminino, neste caso a parte feminina da flor, e οξύς (oxýs) que significa agudo, evidenciando a morfologia do estilete. Enquanto as espécies de Gynoxys apresentavam estilete com ápice agudo e folhas com filotaxia oposta, aquelas que também possuíam estilete com ápice agudo mas folhas com filotaxia alterna receberam o nome de Pseudogynoxys, onde  o prefixo grego ψευδο- (pseudo-) significa falso. Ou seja, um falso Gynoxys por conta das folhas alternas ao invés de opostas, apesar de manter as características do gineceu.

Seu epíteto específico chenopodioides se origina da união do nome do gênero Chenopodium L. (família Amaranthaceae) com o grego εἷδος (eídos) que significa "algo como", sugerindo que é semelhante às espécies do gênero Chenopodium. Este nome por sua vez, provém das as palavras gregas χήν (chín), que significa ganso e πόδιον (pódion) que significa pé, indicando que suas folhas são parecidas com as patas de um ganso. 

Os descritores botânicos e suas percepções... Frutos sob um receptáculo remetem a uma cabeleira branca em meio a ramos sem rumo certo... Verdadeiras flores com estilete de ápice agudo se distinguem das falsas por conta da filotaxia... Folhas alternas parecidas com patas de ganso... Traduções literais do criativo latim botânico revelam características morfológicas semelhantes a coisas inesperadas para nomear uma espécie vegetal tão linda e exuberante.... Apesar de indicar observação e originalidade, não é sempre que a taxonomia vegetal consegue criar poesia com seus nomes em latim...

 

Autoria: Sandra Zorat Cordeiro

 

NOTAS

  

1 - Detalhe de receptáculos florais cobertos de frutos de duas espécies de Senecio L., evidenciando a percepção de Linnaeus ao compará-los com a cabeleira de um homem idoso. A - Senecio viscosus L. e B - Senecio elegans L. 

Senecio viscosus - Udo Schmidt A

Foto: Udo Schmidt / Creative Commons BY-SA

Senecio elegans - John Tann B

Foto: John Tann / Creative Commons BY

 

** Nossos agradecimentos:

  • à Alice Worcman, do Organicidade, pelas belas fotos do Pseudogynoxys chenopodioides na Fundição Progresso
  • ao fotógrafo Alexandre Machado (@alexandrejbrj) do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, pelas incríveis fotos do Pseudogynoxys chenopodioides no arboreto.

 

Barra verde - referências bibliográficas

Acta Plantarum. Etimologia dei nomi botanici e micologici  e corretta accentazione. Disponível em: https://www.actaplantarum.org/etimologia/etimologia.php. Acesso em: 03 Dez. 2020.

CABI - Centre for Agriculture and Bioscience International. Invasive Species Compendium - Pseudogynoxys chenopodioides - Mexican Flamevine. Disponível em: https://www.cabi.org/ISC/datasheet/120133. Acesso em: 02 Dez. 2020.

Cabrera, A.L. Notes on the Brazilian Senecioneae. Brittonia, v. 7, n. 2, p. 53-74, 1950.

GBIF - Global Biodiversity Information Facility. Pseudogynoxys chenopodioides (Kunth) Cabrera. Disponível em: https://www.gbif.org/pt/species/3150256. Acesso em: 02 Dez. 2020.

González, J. Flora Digital de La Selva - Explicación Etimológica de las Plantas. Disponível em: https://sura.ots.ac.cr/local/florula4/docs/ETIMOLOGIA.pdf. Acesso em: 03 Dez. 2020.

Lorenzi, H. Plantas para jardim no Brasil – herbáceas, arbustivas e trepadeiras. 2ª. ed., São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora. 2015.

Missouri Botanical Garden - Plant Finder. Pseudogynoxys chenopodioides. Disponível em: https://www.missouribotanicalgarden.org/PlantFinder/PlantFinderDetails.aspx?taxonid=277491&isprofile=0&. Acesso em: 02 Dez. 2020.

Monaco Nature Encyclopedia. Pseudogynoxys chenopodioides. Disponível em: https://www.monaconatureencyclopedia.com/pseudogynoxys-chenopodioides-2/?lang=en. Acesso em: 02 Dez. 2020.

Pseudogynoxys in Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: http://reflora.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB102404. Acesso em: 01 Dez. 2020.

Quattrocchi, U. CRC World Dictionary of Medicinal and Poisonous Plants: Common Names, Scientific Names, Eponyms, Synonyms, and Etymology. Reimpressão. Boca Raton: CRC Press. 2012

N°. de acessos: estatisticas gratis

Menu

Página Inicial

Histórico

Patrono  Símbolo verde claro

 

Acervo

- Coleção Claudia Bove

Serviços

Equipe

Colaboradores

Parcerias

Projetos de Extensão   

- Canto das Flores ONLINE  

     Logo Coleção Didática - definitivo

Fale conosco

Divulgação

HUNI na mídia

Eventos

Agradecimentos

 

ACESSO AO ACERVO HUNI

>>> JABOT <<<

     Logo HUNI sem nome 

>>> SPECIES LINK <<<

     Logo HUNI sem nome

Nossas mídias sociais: 

Logo Facebook   Logo Instagram

 

Apoio

Logo FAPERJ

 

 

 

 

Colaboração

              JBRJ

 INCT

SpeciesLink