Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Origanum vulgare L.

Origanum vulgare L.

Família: LAMIACEAE

Nome científico: Origanum vulgare L.

Nome popular: orégano

 

Origanum vulgare - Canto das Flores 2

Origanum vulgare - Canto das Flores 1

Origanum vulgare - Canto das Flores 3

Origanum vulgare - Canto das Flores 4

Fotos: Ricardo Cardoso Antonio

Origanum vulgare - Canto das Flores 6

Foto: Andreas Rockstein / Creative Commons BY-SA

Origanum vulgare - Canto das Flores 5

Foto: Andreas Rockstein / Creative Commons BY-SA

Barra exsicata

Para o PDF da etiqueta, clique aqui.

Origanum vulgare - exsicata com etiqueta corrigida

Foto: Matheus Gimenez Guasti

Barra verde - características

Origanum vulgare, o popular orégano, é uma erva mediterrânea, nativa das regiões montanhosas do sul da Europa até o oeste asiático, há muito cultivada em todo o mundo, sendo conhecida pelo aroma inconfundível e usada há séculos na preparação de alimentos devido ao seu sabor característico, provenientes de seu óleo essencial. Além de seu uso na culinária, possui também aplicação ornamental e medicinal onde, estudos científicos comprovam sua eficácia já conhecida pela medicina tradicional desde Dioscórides, no seu De Materia Medica, escrito no séc. I.*

O orégano se apresenta como uma erva sufruticosa, rizomatosa e perene, que seca no inverno e inicia a rebrota no verão, atingindo, no máximo, 1 m de altura. Seus ramos são eretos, ramificados, cobertos de tricomas, e possuem filotaxia oposta-cruzada. Suas folhas são pecioladas, ovaladas, com borda levemente serrilhada e superfície pilosa, fortemente aromáticas. Suas flores se encontram em espigas, eventualmente ramificadas, dispostas em verticilastros; possuem ainda frondosas brácteas, que podem ser verdes, avermelhadas ou arroxeadas, muito aromáticas; seu cálice é verde e tubular e sua corola é bilabiada, de cor branca a rosa pálido. Seus frutos são secos, com sementes muito pequenas.

Na medicina tradicional, as partes mais comumente utilizadas do orégano são suas folhas e flores, em infusões, compressas ou submetidas à decocção, atuando como tônico estimulante ou desinfetante, usadas no tratamento de tosse, dor de dente, dor de ouvido, dor de cabeça, febre, doenças de pele, problemas digestivos e respiratórios. Para certos venenos, é recomendado como antídoto e usado no alívio das dores provenientes de picadas de insetos. Estudos científicos mostraram que o orégano apresenta, além da altíssima atividade antioxidante, propriedades anti-helmíntica, anti-inflamatória, analgésica, bactericida, antiespasmódica, antisséptica e vasoconstritora.

orégano possui inúmeras subespéciesvariedades e cultivares, comercializados especificamente para os fins a que se destinam, ou seja, alguns são muito aromáticos, usados principalmente na culinária, na composição de aromatizantes de alimentos e de perfumes, não destinados à ornamentação, e vice-versa. Embora a composição dos seus óleos essenciais esteja intimamente relacionada à proveniência, alguns dos principais constituintes (timol, carvacrol, limoneno, α e b-pineno, b-cariofileno e linalol) são comuns, variando apenas quantitativamente. Sua principal utilização é na culinária, tendo suas folhas e brácteas florais aplicadas geralmente secas, essencialmente em carnes e molhos de tomate, mas também em ensopados, peixes, assados, petiscos, saladas, patês e queijos. Sua aplicação deve ser feita sempre no final da preparação, após o cozimento, sendo considerado o ingrediente fundamental no preparo de pizzas, responsável pelo seu aroma característico.  

A etimologia do gênero Origanum indica sua proveniência do grego: ὀρίγανον, formado a partir das palavras ὄρος (óros) que significa monte ou montanha, e γάνος (gános) que significa alegria ou brilho, sugerindo, em tradução literal, alegria da montanha, em referência à sua bela aparência e local de origem. Seu epíteto específico, vulgare, provém do latim e significa "comum". 

A presença do orégano é tão grande na cultura mediterrânea que, na Espanha, há um ditado popular que diz "No todo el monte es orégano", que significa "Nem toda montanha é orégano". Esse provérbio indica que nem sempre as coisas são como parecem, sendo equivalente ao popular, aqui no Brasil, "nem tudo que reluz é ouro". O interessante é que o ditado popular é uma alusão direta ao local de origem do orégano, a sua beleza e, principalmente, à etimologia do seu nome: Origanum.

Origanum vulgare - De materia medica

Origanum vulgare no De Materia Medica, de Dioscórides, séc.I.

Origanum vulgare - De materia medica - Mattioli 

Origanum vulgare no De Materia Medica, de Dioscórides. publicado por Mattioli no séc. XVI.

Autoria: Sandra Zorat Cordeiro

Barra verde - referências bibliográficas

Benítez, G.; Mesa, J.M.; Gonzalez-Tejero, M.R. Origanum vulgare L. In:  Santayana, M.P.; Morales, R.; Aceituno, L.; Molina, M. (eds.) Inventario Español de los conocimientos tradicionales relativos a la biodiversidad. Madrid: Ministerio de Agricultura, Alimentación y Medio Ambiente. 2014. p. 203-207.

Centro Virtual Cervantes. Refranero multilingüe. Disponível em: https://cvc.cervantes.es/lengua/refranero/ficha.aspx?Par=59240&Lng=0. Acesso: 25 Mai. 2020. 

Fonnegra-Goméz, R.J.; Ramírez, S.L.J. Plantas medicinales aprobadas en Colombia. 2°. ed. Medellín: Editorial Universidad de Antioquia. 2007.

GBIF - Global Biodiversity Information Facility. Origanum vulgare L. Disponível em: https://www.gbif.org/species/2926612. Acesso: 21 Mai. 2020.

Ietswaart, J.H. A taxonomic revision of the genus Origanum (Labiatae). Leiden: Leiden University Press. 1980.

Kintzios, S.E. Oregano. In: Peter, K.V. (eds). Handbook of Herbs and Spices Vol. 2. Cambridge: Woodhead, 2004. p. 215-229.

Muñoz-Centeno, L.M. Plantas medicinales españolas: Origanum vulgare L. (Lamiaceae) - orégano. Acta Botanica Malacitana, n. 27, p. 273-280, 2002.

Padulosi, S. OreganoProceedings of the IPGRI International Workshop on Oregano8-12 May 1996, CIHEAM, Valenzano (Bari), Italy. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=8gT9nuIlGa0C&pg=PA17&dq=origanum+vulgare&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwix1Pel58XpAhWNCrkGHZyHAHkQ6AEIMTAB#v=onepage&q=bract&f=false. Acesso em: 24 Mai. 2020.

Plant Illustration. Origanum vulgare. Disponíveis em: http://www.plantillustrations.org/illustration.php?id_illustration=369500 e em http://www.plantillustrations.org/illustration.php?id_illustration=400936. Acesso em: 25 Mai. 2020.

Quattrocchi, U. CRC World Dictionary of Medicinal and Poisonous Plants: Common Names, Scientific Names, Eponyms, Synonyms, and Etymology. Reimpressão. Boca Raton: CRC Press. 2012.

 estatisticas gratisqual é o meu ip?

Menu

Página Inicial

Histórico

Patrono

Acervo

- Coleção Claudia Bove

Serviços

Equipe

Colaboradores

Parcerias

Projetos de Extensão   

- Canto das Flores ONLINE  Novo 3

     Logo Coleção Didática - definitivo

Fale conosco

Divulgação

HUNI na mídia

Eventos

Agradecimentos

Acesso do acervo HUNI

 >>> JABOT <<<

            Logo HUNI sem nome 

>>> SPECIES LINK <<<

           Logo HUNI sem nome

 Apoio

Logo FAPERJ

 

 

 

 

 

Colaboração                           

JBRJ

 

 INCT

SpeciesLink