Você está aqui: Página Inicial / Anthurium andraeanum Linden ex André

Anthurium andraeanum Linden ex André

Família: ARACEAE

Nome científico: Anthurium andraeanum Linden ex André

Nome popular: antúrio

 

Anthurium andreanum - Canto das Flores 1

Anthurium andreanum - Canto das Flores 2

Anthurium andreanum - Canto das Flores 3

Fotos: Ricardo Cardoso Antonio

Barra exsicata

Para o PDF da etiqueta, clique aqui.

Anthurium andraeanum - exsicata

Foto: Matheus Gimenez Guasti

Barra verde - características

Nativo da Colômbia, a espécie Anthurium andraeanum, popularmente conhecida como antúrio, é uma planta herbácea, geralmente epífita ereta ou trepadeira, com floração e folhagem extremamente ornamentais, que pode atingir até 1,0 m de altura. Possui um rizoma basal, de onde partem suas folhas brilhantes e cordiformes, com nervuras marcantes e bem aparentes. Suas vistosas e duradouras "flores" são, na verdade, inflorescências solitárias, compostas por duas estruturas: o espádice – um conjunto de pequeninas flores dispostas sobre uma estrutura alongada, em forma de espiga, de cor amarelada, e a espata – uma grande bráctea colorida e sulcada, que fica ao redor do espádice. 

O nome do gênero, Anthurium, é derivado das palavras gregas anthos, que significa flor, e ourà, que significa cauda: uma clara referência ao espádice. Já o nome andraeanum, é uma homenagem ao francês Èdouard-François André, horticultor, paisagista e renomado projetista, tendo concebido mais de 100 parques públicos e jardins em vários países da Europa e América do Sul, entre o final do século XIX e início do século XX. O nome André é a abreviação padrão de seu nome dentro da taxonomia vegetal, e pode ser visto no final do nome científico de cerca de 570 espécies vegetais, indicando que ele foi um dos autores da descrição original destas espécies. 

Em uma expedição botânica aos Andes, em 1876, E.F. André coletou centenas de espécies vegetais, dentre elas, uma amostra do ainda desconhecido antúrio que, ao chegar à Europa, causou admiração pela sua beleza e exotismo ao florescer no ano seguinte. Desde então, esta espécie passou a ser utilizada em programas de melhoramento, a partir de cruzamentos controlados, buscando características mais interessantes do ponto de vista comercial, gerando variedades extremamente ornamentais, bastante diferentes da espécie nativa. Hoje em dia, o antúrio se destaca por ser a segunda "flor" tropical mais comercializada do mundo, ficando atrás apenas das orquídeas.

Texto: Sandra Zorat Cordeiro

Barra verde - referências bibliográficas

International Plant Name Index. André, Édouard-François. Disponível em https://www.ipni.org/a/207-1. Acesso em 21 ago. 2019.

Lorenzi, H. (2015) Plantas para jardim no Brasil – herbáceas, arbustivas e trepadeiras. 2ª. ed., São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora.

Terao, D.; Carvalho, A.C.P.P.; Barroso, T.C.S.F. (2005) Flores Tropicais. Brasília: EMBRAPA.

The Plant List. Anthurium andraeanum Linden ex André. Disponível em http://www.theplantlist.org/tpl1.1/record/kew-10633. Aceso em 16 ago. 2019.

Menu

Página Inicial

Histórico

Patrono

Acervo

- Coleção Claudia Bove

Serviços

Equipe

Colaboradores

Parcerias

Projetos de Extensão   

- Canto das Flores ONLINE  Novo 3

     Logo Coleção Didática - definitivo

Fale conosco

Divulgação

HUNI na mídia

Eventos

Agradecimentos

Acesso do acervo HUNI

 >>> JABOT <<<

            Logo HUNI sem nome 

>>> SPECIES LINK <<<

           Logo HUNI sem nome

 Apoio

Logo FAPERJ






Colaboração                           

JBRJ

 

 INCT

SpeciesLink