Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Allium tuberosum Rottler ex Spreng.

Allium tuberosum Rottler ex Spreng.

Família: AMARYLLIDACEAE

Nome científico: Allium tuberosum Rottler ex Spreng.

Nome popular: nirá, lira, garlic chives, alho-japonês

 

Allium tuberosum - Canto das Flores 9

Allium tuberosum - Canto das Flores 10

Allium tuberosum - Canto das Flores 8

Allium tuberosum - Canto das Flores 3

Allium tuberosum - Canto das Flores 5

Fotos: Ricardo Cardoso Antonio

Barra exsicata

Para o PDF da etiqueta, clique aqui.

Allium tuberosum - exsicata

Foto: Matheus Gimenez Guasti

Barra verde - características

Nativo do sudeste asiático, mas facilmente encontrado no Brasil, por ser muito utilizada na culinária e de fácil cultivo, o Allium tuberosum, também conhecido como nirá, lira, garlic chives ou alho-japonês, pertence ao gênero Allium, o mesmo do alho, da cebola e da cebolinha.

Esta espécie é uma erva bulbosa que alcança 40 a 50 cm de altura; possui folhas longas, finas, achatadas e levemente carnosas, que partem diretamente dos bulbos, formando pequenas touceiras. Suas flores, formadas por 6 tépalas brancas, estão reunidas em um tipo de inflorescência chamada umbela, na porção terminal dos escapos florais, que se sobressaem em meio à folhagem, caracterizando seu potencial ornamental.

Além de conhecido na culinária, onde é versátil no preparo de iguarias das cozinhas chinesa, japonesa e também ocidental, o nirá é muito utilizado como PANC, onde suas flores abertas e escapos florais podem ser consumidos. Na China, no entanto, ele é mais usado como planta medicinal que como hortaliça, sendo cultivado há mais de três mil anos. Suas propriedades terapêuticas já eram conhecidas desde antes do século XVI: no “Ben Cao Gang Mu”, maior e mais abrangente compêndio de medicina tradicional chinesa, o Allium tuberosum é colocado como “o primeiro” diante de todas as outras plantas medicinais. Suas sementes são utilizadas desde tempos antigos, pela medicina tradicional, contra a impotência; suas folhas servem para aliviar sintomas de várias doenças, além de possuir propriedades bactericida, repelente, cicatrizante, anti-séptica, antiemética e ser usado contra distúrbios intestinais.

O nome do gênero, Allium é proveniente do latim, originando as palavras alho, no português, ajo no espanhol, ail no francês e aglio, em italiano. Seu epiteto, tuberosum significa tuberoso, uma clara referência ao seu bulbo.

Texto: Sandra Zorat Cordeiro

Barra verde - referências bibliográficas

Araújo, C.A.; Carvalho, H.H.C.; Souto, S.A.; Sobreiro, A.A.; Wiest, J.M. Atividade antibacteriana in vitro de extratos de alho nirá (Allium tuberosum Rottler ex Spreng.). Revista Brasileira de Plantas Medicinais.  Botucatu, v. 11, n. 3, p. 263-268, 2009.

Kinupp, V.F., Lorenzi, H. (2017) Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) no Brasil. Reimpressão, São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora.

Quattrocchi, U. (2012) CRC World Dictionary of Medicinal and Poisonous Plants: Common Names, Scientific Names, Eponyms, Synonyms, and Etymology. Reimpressão. Boca Raton: CRC Press. 2012.

Ravindran, P.N. The Encyclopedia of herbs and spices. Boston: CABI. 2017. 

Menu

Página Inicial

Histórico

Patrono

Acervo

- Coleção Claudia Bove

Serviços

Equipe

Colaboradores

Parcerias

Projetos de Extensão   

- Canto das Flores ONLINE  Novo 3

     Logo Coleção Didática - definitivo

Fale conosco

Divulgação

HUNI na mídia

Eventos

Agradecimentos

Acesso do acervo HUNI

 >>> JABOT <<<

            Logo HUNI sem nome 

>>> SPECIES LINK <<<

           Logo HUNI sem nome

 Apoio

Logo FAPERJ






Colaboração                           

JBRJ

 

 INCT

SpeciesLink