Portal UnirioGuia Telefônico Contatos
Você está aqui: Página Inicial / Dissertações defendidas em 2019

Dissertações defendidas em 2019

Arquivo object code POETAS DO COTIDIANO: ALICES E LOUCOS NO TEATRO CONTEMPORÂNEO Uma análise do processo de criação cênica na E. M. Átila Nunes Neto
Discente: Débora Machado Restum Resumo: Este trabalho relata e investiga o processo de criação cênica desenvolvido durante o período de 2017 e 2018 na Escola Municipal Atila Nunes Neto da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro e tem como norte a pesquisa de práticas artísticas, teatrais e pedagógicas que possibilitam emancipação e encontro em ambiente escolar. É no contexto de uma escola viva que se propõe a vivência de teatralidades contemporâneas. Nessa perspectiva, arte e vida se entrelaçam na experiência da performance. Emerge um teatro onde a representação perde espaço e o que então é privilegiado é a presença, as diversas linguagens trabalhadas de forma não hierárquica e o jogo performativo. De igual modo, as respostas pedagógicas configuram-se sob o signo da invenção, os fluxos do cotidiano em sala de aula priorizam: o processo ao invés do produto, a interpretação das linguagens ao invés da reprodução das mesmas, a organização em redes ao invés de linearidade. Link para os vídeos: https://www.youtube.com/channel/UCvz_9EmdCLq1UwpCtDQPoSw
Arquivo CONSTRUÇÃO DE UM CURRÍCULO MÍNIMO ESPECÍFICO PARA O ENSINO DE TEATRO NA ESCOLA DE ENSINO NORMAL COLÉGIO ESTADUAL JÚLIA KUBITSCHEK
Discente: Gustavo Maranhão Negre Resumo: Motivada pela visão de que o Teatro tem muito mais a oferecer aos estudantes da Formação de Professores Colégio Estadual Júlia Kubitschek (CEJK) do que aquilo que prevê o Currículo Mínimo para o Ensino Médio Normal da Secretaria Estadual de Educação do Estado do Rio de Janeiro, esta pesquisa visa a elaboração de um novo Currículo Mínimo para o componente Arte do Ensino Normal, na linguagem Teatro. Conjugando a formação e a prática docente do autor com a análise, por meio de tabelas comparativas das grades curriculares de cursos de Licenciatura em Artes Cênicas de 23 Universidades Federais brasileiras, a pesquisa, ainda, contextualiza historicamente o Ensino Normal (SAVIANI, 2007) e o ensino de teatro na educação básica do Brasil (SANTANA, 2010). O Projeto de Construção de Currículo aqui apresentado aponta que é necessário um pensamento integrador do ensino do teatro com a formação de professores.
Arquivo object code PROCESSOS FORMATIVOS EM TEATRO MUSICAL NO ENSINO TÉCNICO E SUPERIOR EM ARTES CÊNICAS: UM GESTO MULTIPERCEPTIVO
Discente: Fidelcino Neves Reis Resumo: Essa dissertação investiga como o gênero de teatro musical pode ser um recurso pedagógico para despertar o interesse dos alunos nas aulas de artes cênicas. A partir dessa perspectiva, serão apresentadas questões que revelam ao aluno-ator uma formação como artista multiperceptivo, através de uma abordagem somática, voltada para a experiência sensorial e perceptiva. Em seguida, oferece uma cartilha com exercícios, jogos e atividades metodológicas, baseadas nos trabalhos realizados com turmas de curso de Formação Inicial e Continuada em Teatro Musical no ensino técnico. A pesquisa também examina a preparação corporal integrada ao trabalho vocal na formação qualificada do aluno-ator de musicais, descreve o gesto corporal como estímulo para a expressão deste mesmo aluno e culmina na análise das principais estratégias metodológicas aplicadas em Teatro Musical no ensino superior e técnico.
Arquivo TEATRO, EDUCAÇÃO, IDENTIDADE: ANÁLISE DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA COM O TEATRO POPULAR
Aluna: Nathalia Cesar Goulart. Resumo: A dissertação é um relato de experiência da prática do teatro popular em uma turma do primeiro ano do curso normal do Colégio Estadual Arruda Negreiro, em Nova Iguaçu. Durante o percurso, houve o encontro da temática do currículo mínimo (“Fundamentos e Matrizes da Arte”) com o desafio de trabalhar na educação básica numa turma de formação de professores. Foi feito, então, um processo investigativo sobre a inserção do Teatro como campo de conhecimento na educação, a partir da compreensão das manifestações populares presentes no contexto sociocultural e da experimentação de jogos em que houvesse uma articulação de reflexão na ação que estava sendo executada. Nessa etapa, foram utilizados como referência os jogos dramáticos de Jean Pierre Ryngaert, partindo de temas e situações de improviso que emergiam do grupo através de brincadeiras com foco na sonorização, nas cantigas, na relação interpessoal dos alunos e aproximando-os dos fundamentos e matrizes do teatro. A práxis investigativa se deu a partir do estudo da relação entre a cultura popular e as dramaturgias teatrais, através da literatura de cordel e da apreciação da obra O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna. Os jogos teatrais de Viola Spolin foram experimentados como uma forma de aproximação com a linguagem teatral de personagem, cenário, situações. O Pastoril apareceu como proposta investigativa devido à necessidade de uma montagem de peça para o período natalino e por apresentar uma situação circunstancial de disputa de lideranças, tal como é proposto nesse teatro popular, na luta entre os cordões azul e vermelho. Foi utilizado como referência o Pastoril de Mariinha da Ló, da cidade de Paracuru, no Ceará, e do grupo Céu na Terra, do Rio de Janeiro, além das vivências pessoais da professora e dos alunos, que resultaram em experimentos cênicos através da apropriação estética tradicional do teatro popular.