código do Google analytics Programa de Extensão Cultura na Prisão amplia parceria com secretaria estadual de Administração Penitenciária — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Comunicação Institucional

Central de Conteúdos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone repositorio: ilustração de fundo azul com conteúdo textual na cor brancaRepositório Hórus

Você está aqui: Página Inicial / Programa de Extensão Cultura na Prisão amplia parceria com secretaria estadual de Administração Penitenciária

Programa de Extensão Cultura na Prisão amplia parceria com secretaria estadual de Administração Penitenciária

por Comunicação publicado 05/07/2024 14h37, última modificação 08/07/2024 12h53
Atividades de teatro e cultura são desenvolvidas em unidades prisionais

No último dia 27 de junho, as professoras da UNIRIO Natália Fiche e Viviane Narvaes, coordenadoras do Programa de Extensão Cultura na Prisão, realizaram reunião com a Coordenação de Inserção Social da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, com o objetivo de firmar novas ações e atividades a serem realizadas em parceria.

Estiveram presentes a coordenadora de Inserção Social, Fernanda Trovão, e o subsecretário de Tratamento Penitenciário, Lúcio Flávio Correia Alves, além da equipe do Programa Cultura na Prisão.

Entre as atividades previstas para iniciar este ano, está o projeto de um "docuficção", a ser realizado por meio de parceria entre o Programa Cultura na Prisão, a cineasta chilena Myr Chávez e o estudante da UNIRIO e cineasta Stefano Motta. Será produzido um filme a partir das experiências e da dramaturgia produzida por mulheres encarceradas do Rio de Janeiro e do Chile.

Também está em andamento a implementação do projeto “Entre fluxos e afetos” na Central de Penas Alternativas. A iniciativa é desenvolvida pela estudante Natali Barbosa, do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) da UNIRIO, com familiares de pessoas encarceradas durante o tempo de espera para visitas em territórios de privação de liberdade. E terão início as oficinas teatrais na unidade Plácido de Sá Carvalho, no Complexo Penitenciário de Bangu.

O Programa Cultura na Prisão busca tornar visível o processo de ressocialização do preso e oportunizar uma formação diferenciada para os discentes envolvidos em suas ações.

As atividades acontecem no âmbito de um acordo de cooperação entre a UNIRIO e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, voltado a atividades de cultura e educação, com um termo aditivo específico para a remição pela leitura. Durante a reunião, foi firmado o compromisso de fazer novo termo aditivo específico para as atividades de teatro e cultura nas prisões.


e-mec - consulte aqui o cadastro da instituição nos sitemas emec Capes CNPQ marca rede unirio marca seiunirio