código do Google analytics Plano Nacional das Políticas sobre Drogas é discutido em evento na UNIRIO — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Comunicação Institucional

Central de Conteúdos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone repositorio: ilustração de fundo azul com conteúdo textual na cor brancaRepositório Hórus

Você está aqui: Página Inicial / Plano Nacional das Políticas sobre Drogas é discutido em evento na UNIRIO

Plano Nacional das Políticas sobre Drogas é discutido em evento na UNIRIO

por Comunicação publicado 04/07/2024 15h19, última modificação 05/07/2024 09h33
Atividade integrou o ciclo de debates realizado pelo Observatório Gestão e Informação sobre Drogas do Estado do Rio de Janeiro

No dia 28 de junho, o Observatório Gestão e Informação sobre Drogas do Estado do Rio de Janeiro (Ogiderj) realizou o 9° encontro do ciclo de debates sobre "Impactos do consumo, sistemas de saúde e políticas públicas sobre álcool e outras substâncias”.

O evento, com o tema “O Plano Nacional das Políticas sobre Drogas (Planad) 2022-2027”, ocorreu no Auditório da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP), com transmissão on-line pela Promacom TV.

Estiveram presentes como mediadoras do evento as professoras da UNIRIO Raisa D. Ribeiro (Direito) e Danielle Galdino (graduação e pós-graduação em Enfermagem), além de Sebastião Gomes Pinto  (bolsista do projeto Ogiderj). Como palestrantes, participaram alunos da disciplina de Políticas Públicas em Direitos Humanos, que apresentaram um estudo desenvolvido sobre os dez objetivos estratégicos do Planad.

Na abertura do encontro, os mediadores apresentaram um histórico da política de drogas no Brasil e uma contextualização sobre a elaboração do Planad.

Em seguida, foram apresentados detalhes sobre cada um dos objetivos estratégicos do Planad. No que se refere à prevenção, os participantes destacaram a importância das políticas públicas de redução do consumo do álcool, tabaco e outras drogas, ressaltando o papel da conscientização popular como essencial para a modificação do panorama do uso.

Sobre o eixo de cuidado, tratamento e reinserção social, os estudantes debateram as políticas públicas de ajuda, como a Rede de Atenção Psicossocial do SUS e as comunidades terapêuticas. Já no eixo da redução de oferta, com foco nas políticas de Segurança Pública, destacaram-se o ciclo de apreensão do dinheiro do tráfico e as possibilidades de o Estado otimizar esse processo, além do treinamento de agentes e metodologias para acompanhar o surgimento das novas drogas, com evolução dos sistemas de informação. Por fim, foi apontada a falta de integração das políticas públicas sobre drogas, propondo mecanismos que possibilitem a integração entre os diferentes eixos existentes na temática.

A íntegra do evento está disponível no YouTube:

 


e-mec - consulte aqui o cadastro da instituição nos sitemas emec Capes CNPQ marca rede unirio marca seiunirio