código do Google analytics UNIRIO tem tese vencedora e menção honrosa na edição 2020 do Prêmio Capes de Tese — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Imprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / UNIRIO tem tese vencedora e menção honrosa na edição 2020 do Prêmio Capes de Tese

UNIRIO tem tese vencedora e menção honrosa na edição 2020 do Prêmio Capes de Tese

por Comunicação publicado 02/10/2020 20h51, última modificação 05/10/2020 15h36
Joana David Caprário de Lima, do PPG-PMUS, foi agraciada com o prêmio de melhor tese na área de Comunicação e Informação; Eduardo dos Santos Andrade, do PPGAC, recebeu menção honrosa na área de Artes

A edição 2020 do Prêmio Capes de Tese indicou como vencedora, na área de Comunicação e Informação, a pesquisa desenvolvida por Joana David Caprário de Lima, do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (PPG-PMUS) da UNIRIO, em parceria com o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast).

O resultado da premiação foi divulgado nesta quinta-feira, 1º de outubro. Foram 49 vencedores, numa edição que contou com número recorde de candidatos (1.421).

Também pela UNIRIO, a tese elaborada por Eduardo dos Santos Andrade, do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC), recebeu menção honrosa na área de Artes.

Pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação da UNIRIO, Evelyn Orrico parabenizou os autores das teses e seus orientadores, bem como os coordenadores e demais membros dos dois programas. "Todos nós, diretamente ligados à pós-graduação, sabemos da importância desse reconhecimento, especialmente em um ano de tamanha concorrência. Nossa congratulação e nosso reconhecimento são extensivos ao conjunto dos Programas - docentes, discentes e equipe técnica",

O diretor de Pós-Graduação, Carlos Lyra, também exaltou a atuação dos Programas da Universidade. "Esse resultado mostra o trabalho sério que tem sido realizado pelos (as) coordenadores (as) dos programas de pós-graduação stricto sensu da UNIRIO, para atingir a excelência. Fomos contemplados em dois campos do conhecimento, Comunicação e Informação e Artes, duas áreas em que a UNIRIO possui expertise e reconhecimento nacional".

Paleoinvertebrados do Museu Nacional

Orientada pelo professor Marcus Granato, do PPG-PMUS, a tese vencedora tem como título "A coleção de paleoinvertebrados do Museu Nacional (UFRJ): formação, trajetória e utilização em contexto museológico".

A partir da questão inicial, como se formou esta coleção e como foi utilizada no contexto do Museu, um dos pontos centrais do trabalho desenvolvido por Joana Lima foi a criação de um método de análise dos 10.400 itens, num recorte de tempo que abrange a década de 1840 até 2017.

A coordenadora do PPG-PMUS, Helena Uzeda, destaca a relevância da pesquisa. "O trabalho de Joana, além de ser excelente, teve o mérito de realizar registros documentais e fotográficos de mais de 10 mil itens da coleções de paleoinvertebrados do Museu Nacional, criando um método de análise específico para isso. Com o incêndio do Museu logo depois [em 2018], o trabalho tornou-se um material valioso", observou.

Cenografia contemporânea

A tese que recebeu menção honrosa na área de Artes teve orientação da professora Lidia Kosovski, do PPGAC. Com título "O Espaço Encena: Teatralidade e performatividade na cenografia contemporânea, o trabalho desenvolvido por Eduardo dos Santos Andrade toma como paradigma as noções de teatralidade e performatividade para investigar o espaço em cena, ou como o espaço encena, transformando-se em ferramenta de dramaturgia e de escrita cênica.

A coordenadora do PPGAC, Vanessa Oliveira, comemorou a notícia do prêmio e ressaltou a importância para o Programa. "No momento atual, a celebração ganha um significado ainda maior pelo reconhecimento da excelência de uma tese na área de Artes", observou. Ela agradeceu a parceria com a PROPGPI, "sempre tão solícita e atenta aos desafios que temos pela frente".

Premiação

Os autores das teses selecionadas de cada uma das áreas de avaliação receberão uma bolsa de estágio pós-doutoral em instituição nacional e seus orientadores, um prêmio para participação em evento acadêmico-científico nacional.

Dos trabalhos agraciados sairão os vencedores do Grande Prêmio, oferecido ao destaque de cada uma das três grandes áreas do conhecimento: Ciências da Vida, Humanidades e Exatas.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio