código do Google analytics Reitor, pró-reitores e decanos da UNIRIO discutem perspectivas para retorno às atividades — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Reitor, pró-reitores e decanos da UNIRIO discutem perspectivas para retorno às atividades

Reitor, pró-reitores e decanos da UNIRIO discutem perspectivas para retorno às atividades

por Comunicação publicado 22/05/2020 15h41, última modificação 22/05/2020 15h41
Um dos pontos definidos foi a constituição de três grupos de trabalho, formados por docentes, discentes e técnico-administrativos, voltados aos temas: GT-Reordenamento social; GT-Acadêmicas e Pedagógicas; e GT-Governança

Na última terça-feira, 19 de maio, o grupo gestor e os decanos da UNIRIO estiveram reunidos virtualmente para discutir perspectivas voltadas à elaboração de um plano de atividades acadêmicas e administrativas para o retorno ao trabalho na Universidade.

Uma dos pontos definidos no encontro foi a constituição de três grupos de trabalho (GTs), formados por docentes, discentes e técnico-administrativos, para elaborar uma minuta do Plano de Atividades. Os GTs serão dedicados aos seguintes temas: Reordenamento social; Atividades Acadêmicas e Pedagógicas; e Governança.

Os nomes para composição dos GTs serão indicados pelos Decanos dos seis Centros da UNIRIO: CLA, CCET, CCJP, CCBS e CCH. O Plano de Continuidade das Atividades Acadêmicas e Administrativas, a ser elaborado pelos GTs, será apreciado pelos Conselhos Superiores da Universidade.

Preocupações e sugestões

Realizada em plataforma virtual, a reunião entre o grupo gestor e os decanos foi aberta pelo reitor Ricardo Cardoso, com a exposição da proposta. A chefia do Gabinete da Reitoria e os pró-reitores fizeram uma explanação sobre as atividades desenvolvidas durante o período de isolamento social, de forma parcialmente presencial ou remota.

Os decanos expuseram suas preocupações e sugestões para o retorno às atividades. A decana do CLA, Carole Gubernikoff, destacou sua preocupação com a adoção da modalidade de Educação a Distância, considerando a fragilidade do país quanto à rede de internet.

Leonardo Castro, decano do CCH, apresentou algumas demandas referentes à reunião da Câmara de Graduação e à reunião dos Conselhos Superiores e DCE. Um dos questionamentos foi sobre a possibilidade de o CCH ocupar algum espaço do prédio novo ao retorno das atividades, no que foi acompanhado pela decana do CLA .

Já o decano do CCET, Sidney Lucena, fez apontamentos sobre a possibilidade de oficializar reuniões virtuais, como as de Departamentos; sobre a situação de estudantes concluintes e de processos de redistribuição de docentes. Lucena ressaltou ainda a necessidade de certificação digital dos processos tramitados na Universidade.

Agostinho Ascenção, decano do CCBS, também registrou sua preocupação com a retomada das atividades e sugeriu que a DTIC faça um levantamento acerca do acesso à internet entre os alunos. Ele destacou que o Brasil ainda não atingiu o pico da pandemia e alertou que é preciso traçar um plano que considere a permanência do isolamento social.

O decano do CCBS destacou também a importância da nomeação do professor Fernando Ferry como novo Secretário de Estado de Saúde do RJ, e disse esperar que, com isso, novos caminhos se abram para as escolas da área da Saúde da UNIRIO.

Edna Hogemann, decana do CCJP, justificou a ausência na reunião, devido à participação em uma banca previamente marcada.

Tela com alguns dos participantes da reunião


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio