código do Google analytics HUGG inaugura Centro de Epilepsias — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / HUGG inaugura Centro de Epilepsias

HUGG inaugura Centro de Epilepsias

por comunicacao — publicado 05/04/2018 17h15, última modificação 09/04/2018 09h54
Coordenada pela professora Soniza Vieira Alves-Leon, unidade é formada por equipe multidisciplinar de neurofisiologistas, geneticistas, técnicos de enfermagem, neurocirurgiões e imunologistas, o que permite a realização de painéis genéticos

Reitor Jutuca e a coordenadora do Centro de Epilepsias, professora Soniza Leon (Foto: Felipe Monteiro)

A epilepsia é um transtorno neurológico que causa uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro e atinge cerca de 2% da população brasileira. Como as crises assustam, esses distúrbios vêm acompanhados de preconceito e estigma social, resultando em procedimentos inadequados que impossibilitam uma boa qualidade de vida para estas pessoas. Pensando nisso, no dia 5 de abril, foi inaugurado no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG) o Centro de Epilepsias. O novo espaço recompensa o esforço, em todos os níveis, da gestão universitária.

"Nesta administração, sempre optamos por trabalhar em conjunto com aqueles que mostram empenho e vontade de fazer crescer a nossa Instituição. Esse é um momento muito bom para o HUGG e para os profissionais da neurologia em particular", afirmou o reitor da UNIRIO, Luiz Pedro San Gil Jutuca.

"Hoje é um dia especial. Colocar este setor para funcionar é gratificante. Disponibilizamos oito técnicos de enfermagem apenas para esta área e, desta maneira, pretendemos atender com excelência nossos pacientes. Fizemos, ainda, a contratualização com a prefeitura do Rio de Janeiro para atender a fila cadastrada no Sistema de Regulação (Sisreg). Em breve, daremos uma resposta forte a essa demanda reprimida", adicionou o superintendente do HUGG, Fernando Ferry.

"A parceria política com a Universidade é fundamental para avançarmos de maneira ordenada. Atualmente, temos uma governança que se baseia no mérito. A mudança de paradigma é visível. O pensamento em equipe favorece, no fim, a assistência prestada. O objetivo é impactar a vida e a saúde da população, aliando pesquisa, ensino e formação de recursos humanos", concluiu a chefe do Programa de Epilepsias, Soniza Vieira Alves-Leon.

O Centro de Epilepsias é formado por uma equipe multidisciplinar composta por neurofisiologistas, geneticistas, técnicos de enfermagem, neurocirurgiões e imunologistas, o que permite a realização de painéis genéticos do distúrbio, metodologia praticada por poucos centros brasileiros. Além disso, contém um aparelho de videoeletroencefalograma (EEG), que faz o monitoramento de pacientes com difícil controle no tratamento.

"São pessoas que tomam remédio e mesmo assim têm crise. Esse exame especial possibilitará uma supervisão da epilepsia. Na rede pública do estado, este procedimento só é oferecido pelo Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, e pelo Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer. Seremos o terceiro centro de controle avançado da doença", explicou Ferry.

"Casos medicados são associados a uma recuperação muito boa. Quase 90% dos pacientes podem ficar livres de crises continuando o acompanhamento. Além disso, por meio do EEG, poderemos identificar transtornos que começam com crise convulsiva mas não são epilépticos, diagnosticando e encaminhando corretamente o paciente", informou Soniza.

O espaço, que é vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Neurologia, foi financiado com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

(Felipe Monteiro, assessor de comunicação do HUGG)


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio