Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

NAU

Você está aqui: Página Inicial / Hospital Gaffrée e Guinle recebe a 3ª edição da Mostra CCBS

Hospital Gaffrée e Guinle recebe a 3ª edição da Mostra CCBS

por Comunicacao UNIRIO publicado 30/09/2016 15h55, última modificação 04/10/2016 07h56

Foi realizada nesta sexta-feira, dia 30, a III Mostra do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). O evento abriu as portas do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG) para a comunidade, promovendo atividades educativas e prestando serviços de atenção à saúde.

Com diversas tendas montadas no pátio externo do HUGG, localizado na Tijuca, os visitantes puderam verificar a pressão arterial, assim como a glicose e a capacidade pulmonar; realizar teste imunológico DST/HIV; ter orientações sobre cuidados com a saúde, envelhecimento, alimentação saudável, entre outros; e ainda ter contato com experimentos da área de biociências e com ações socioambientais.

“A Mostra procura evidenciar a excelência acadêmica da UNIRIO, que é fruto da competência de nossos professores em consonância com nossos alunos, motivados em atuar na saúde”, destacou o reitor Luiz Pedro San Gil Jutuca na abertura do evento, realizada pela manhã. Jutuca ressaltou ainda a importância da presença da comunidade, principalmente de crianças de projetos sociais e de escolas públicas, que lotaram o hall de entrada do Hospital, e deu um recado: “Quero ver vocês crescendo, estudando, se formando e vindo aqui para a UNIRIO”. Também participaram da cerimônia o vice-reitor, Ricardo Cardoso, o pró-reitor de Graduação, Alcides Guarino, e a decana do CCBS, Ana Maria Wandelli.

Alcides Guarino se disse muito feliz por ver uma participação mais ativa da população e dos jovens estudantes. “Essa criançada dá um brilho maior ao evento e uma energia a mais no nosso dia”, salientou. O aluno do 4º ano da Escola Municipal Conselheiro Mayrink, Thiago Nascimento, de 10 anos, estava empolgado: “Estou adorando! Vou estudar aqui para ser um bom médico, para ser uma pessoa do bem e para ajudar a todos”.

Além da participação de escolas públicas do entorno do Hospital, a Mostra contou com alunos do projeto Vinde a Mim e do Abrigo Teresa de Jesus. A UNIRIO disponibilizou dois ônibus para fazer o transporte das crianças.

Integração e atendimento à comunidade

Ana Maria Wandelli, responsável pela organização da Mostra, reforçou a proposta do CCBS, que é integrar suas seis unidades – Escola de Medicina e Cirurgia (EMC), Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP), Escola de Nutrição (EN), Instituto Biomédico (IB), Instituto de Biociências (Ibio) e Instituto de Saúde Coletiva (ISC). “A ideia da Mostra é agregar as unidades, que estão diluídas em diversos bairros do Rio, gerando interação entre alunos e professores de todas as áreas e abrindo as portas para atender a população”, concluiu.

A participação de discentes nas tendas, dando informações sobre saúde, meio ambiente e sustentabilidade e ajudando em atividades educativas, colocou em prática ensinamentos da sala de aula. “Fazer parte deste evento para os alunos é fundamental porque eles estão vendo as teorias sendo aplicadas para a população”, afirmou a professora de Nutrição Aplicada, Valéria Furtado.

E o público que esteve no evento aprovou a iniciativa. A costureira Elaine Cardoso, de 38 anos, visitou a tenda do IB “Hormônios e Envelhecimento – o que muda?” e fez a dosagem de glicose. “É uma maravilha poder fazer um exame rápido, de graça e ainda pegar o resultado na hora”, comemorou. Na tenda, Elaine também pôde entender melhor sobre o climatério, período que precede a menopausa e que é caracterizado por mudanças no organismo feminino. A professora do IB, Eliane Rocha, destacou a importância das informações para essa fase na vida da mulher: “A proposta é ajudá-las a minimizar os impactos do climatério, orientando-as a praticar exercícios, a ter uma alimentação saudável e a continuar consultando com um ginecologista, mesmo depois da menopausa”.

Além de ações de saúde, diversas tendas apresentaram projetos e experimentos de alunos e professores da UNIRIO. É o caso do programa Jardim Didático e Evolutivo, coordenado pela professora do Ibio Camila Patreze, que estuda a evolução de espécies vegetais, subdivididas em canteiros. Em parceria com o Instituto Benjamin Constant (IBC), o projeto fabrica moldes 3D de micro-organismos encontrados em um dos canteiros – um lago – e proporciona uma experiência sensorial a deficientes visuais. 

 

Programa Jardim Didático e Evolutivo, do Ibio, apresentou moldes 3D de microorganismos (Foto: Comso)

O reitor Luiz Pedro San Gil Jutuca com docentes e discentes da Escola de Nutrição (Foto: Comso)

Alunos da rede pública aguardam para participar de atividades lúdicas durante a Mostra (Foto: Comso)


Acesso a Informação Capes CNPQ