Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

PPGAN

Você está aqui: Página Inicial / Grupo de bioinformática da UNIRIO estabelece convênio com universidade alemã

Grupo de bioinformática da UNIRIO estabelece convênio com universidade alemã

por Comunicacao UNIRIO publicado 03/12/2013 14h20, última modificação 11/12/2013 12h36

O Grupo de Bioinformática e Biologia Computacional do Instituto Biomédico da UNIRIO integra projeto aprovado no último edital do Programa Probral, da Capes, que apoia trabalhos desenvolvidos em conjunto por pesquisadores brasileiros e alemães. O Programa viabilizará um convênio de dois anos entre a Universidade Göttingen (Alemanha), a UNIRIO e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), proponente do projeto.

Denominada “Associações funcionais entre Sod1 mutantes, estresse oxidativo e fatores de risco de FALS utilizando biologia computacional, Saccharomyces cerevisiae e linhagens celulares animais como modelos de estudo”, a pesquisa busca investigar alterações em organismos de portadores de esclerose lateral amiotrófica.

Segundo a coordenadora do Grupo, professora Joelma Freire de Mesquita, a doença é causada pela mutação do gene Sod1. “No entanto, há mais de 100 mutações descritas para esse gene”, salientou. “Nosso trabalho é simular essas mutações em computador, para descobrir qual a alteração estrutural que cada uma delas causa na proteína. A partir da maior compreensão da doença, podem surgir novos tratamentos.”

Parceria

O grupo da Universidade Göttingen envolvido no projeto realiza pesquisas na área de neurodegeneração – caso da esclerose lateral amiotrófica. O convênio prevê intercâmbio de alunos de doutorado e pós-doutorado entre a universidade alemã e as instituições brasileiras. Os professores também farão viagens para participar de palestras e discussões no Brasil e na Alemanha. 

registrado em:

Acesso a Informação Capes CNPQ