Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

PPGAN

Você está aqui: Página Inicial / Fórum de Licenciaturas tem início com palestra de coordenador da Capes

Fórum de Licenciaturas tem início com palestra de coordenador da Capes

por Comunicacao UNIRIO publicado 25/11/2014 14h35, última modificação 25/11/2014 14h50

O Fórum de Licenciaturas da UNIRIO teve início na manhã desta terça-feira, dia 25 de novembro, no Auditório Vera Janacopulos. A palestra de abertura foi ministrada pelo professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Helder Eterno da Silveira, coordenador-geral de Programas de Valorização do Magistério da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Em sua fala, Helder enfatizou a necessidade de reestruturação das licenciaturas no Brasil a partir da desconstrução de ideias arraigadas na sociedade sobre a formação de professores. “Defendo a formação de professores como campo de pesquisa”, disse. “Em geral, consideramos muito relevante a pesquisa nas áreas de saúde e tecnologia, mas de menor valor a pesquisa em Educação”.

Para ele, vivemos uma crise de valores que tem afetado fortemente qualquer política pública em que o humano seja foco. “Essa crise reflete na formação de professores, como se formar professores fosse algo trivial”, aponta. Segundo o palestrante, ainda não há a concepção de que o professor necessite de uma formação adequada para poder ensinar: basta saber muito de uma matéria.

O problema, para ele, se estende da educação infantil até a pós-graduação. “No Brasil, existe a ideia de que devemos preencher a grade curricular dos cursos com excesso de aulas, o que transforma as universidades em grandes ‘escolões’, com alunos que não conseguem pensar por conta própria”, avaliou.

Fomento

Na mesa de abertura do evento, o reitor, Luiz Pedro San Gil Jutuca, defendeu a ampliação de incentivos para as licenciaturas nas universidades. “O incentivo, em geral, é maior em outros cursos, como engenharia, medicina e direito”, salientou. “O discurso da falta de professores nas escolas já está desgastado; precisamos fazer algo para mudar essa realidade, a partir da valorização das licenciaturas”.

A pró-reitora de Graduação, Loreine Hermida, ressaltou que a proposta do Fórum é consolidar os cursos existentes e ampliar a licenciatura na UNIRIO, a partir da discussão com professores e coordenadores de cursos. “Ao final do evento teremos um documento sobre a licenciatura na Universidade, que será elaborado nas reuniões dos grupos de estudo do Fórum e encaminhado à Pró-Reitoria de Graduação, para que seja avaliado e divulgado”, revelou.

Já o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, Ricardo Cardoso, apontou as dificuldades enfrentadas pelos professores no mercado de trabalho. “Conseguimos qualificar e formar alunos de licenciatura de maneira satisfatória, com envolvimento em diversas atividades acadêmicas, como, por exemplo, a iniciação científica”, observou. Para ele, o problema é a manutenção do aluno depois, com os baixos salários e a falta de incentivos na carreira.

A abertura do Fórum também contou com apresentação da Orquestra Barroca da UNIRIO. Promovido pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), o evento acontece até esta quinta-feira, dia 27. Além de palestras com gestores e pró-reitores de graduação de diversas instituições, haverá reuniões de grupos de trabalho sobre estágio curricular, avaliação, ensino a distância e currículo. Confira a programação


Acesso a Informação Capes CNPQ