código do Google analytics Estrada imperial identificada em pesquisa da UNIRIO é demarcada pelo governo do Espírito Santo — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Estrada imperial identificada em pesquisa da UNIRIO é demarcada pelo governo do Espírito Santo

Estrada imperial identificada em pesquisa da UNIRIO é demarcada pelo governo do Espírito Santo

por comunicacao — publicado 12/06/2013 00h00, última modificação 07/12/2015 14h31

A demarcação e sinalização da Rota Imperial, também conhecida como Estrada São Pedro de Alcântara, que liga Ouro Preto (MG) a Vitória (ES), foi inaugurada no último sábado, dia 8, pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande. A Estrada foi identificada pelo professor da Escola de Arquivologia da UNIRIO, João Eurípedes Franklin Leal, autor do livro “A Rota Imperial da Estrada Real: A Estrada São Pedro de Alcântara”.

Com 575 km de extensão, o caminho foi construído por ordem de Dom João VI, para que Minas Gerais não ficasse completamente dependente do Rio de Janeiro, realizando comércio também com o porto de Vitória. Segundo o professor Leal, a Rota era utilizada até o início do século XX, quando foi substituída por ligação ferroviária (estrada de ferro Leopoldina), ficando, assim, abandonada e perdida na memória. “Com a pesquisa, ela foi reencontrada, marcada com GPS, e será transformada em rota turística pelo governo do Espírito Santo”, revela.

Outras informações pelo site http://www.rotaimperial.org.br.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio