Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

PPGAN

Você está aqui: Página Inicial / Dez anos de pioneirismo e destaque no campo da Museologia

Dez anos de pioneirismo e destaque no campo da Museologia

por Comunicacao UNIRIO publicado 24/02/2016 16h50, última modificação 25/02/2016 05h07

Teve início na manhã desta quarta-feira, 24 de fevereiro, a comemoração pelos dez anos do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (PPG-PMUS) da UNIRIO e do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast). O evento foi realizado no Museu Histórico Nacional (MHN), no centro do Rio, e contou com a realização de uma mesa-redonda sobre Museologia e Formação Profissional.

Primeiro programa de pós-graduação  stricto sensu em Museologia da América do Sul e o único a oferecer o doutorado, o PPG-PMUS foi implementado em 2006, oferecendo inicialmente o curso de mestrado. Desde o início, o programa apresentou um formato pioneiro ao associar uma Universidade a um museu, que também é um instituto de pesquisa em ciências.  Em seus dez anos, formou mais de cem mestres e seis doutores, consolidando uma produção acadêmica de qualidade, com resultados de pesquisa, a realização de eventos acadêmicos e a publicação de artigos e livros. 

A história do programa tem raízes em 1932 quando foi criado o Curso de Museus do MHN. Em 1976, ao ser incorporado à UNIRIO, deu origem à atual Escola de Museologia. “Este é, portanto, um momento de dupla comemoração: os dez anos do PPG-PMUS e os 40 anos da incorporação à UNIRIO do Curso de Museus”, declarou a coordenadora do programa, Teresa Scheiner.

Início da comemoração do 10º aniversário

Dando largada na programação de aniversário, foi realizada uma cerimônia de abertura e posteriormente uma mesa-redonda sobre Museologia e Formação Profissional. O decano do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH) da UNIRIO, Ivan Coelho de Sá, participou do debate ao lado do diretor do MHN, Paulo Knauss, e do vice-coordenador do PPG-PMUS, Marcus Granato. Ivan, cuja pesquisa tem como epicentro de estudo a formação profissional em Museologia, traçou a trajetória histórica do Curso de Museus desde a década de 30, pontuando as principais matrizes curriculares ao longo dos anos, suas disciplinas e seus eixos temáticos. Ele comemorou a escolha do MHN para a realização do evento: “O Museu Histórico Nacional é onde tudo começou. É o marco zero para a área da museologia”.  

Já a mesa de abertura contou com a participação da pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIRIO, Evelyn Orricoda diretora do Mast, Heloisa Domingues, da coordenadora do PPG-PMUS, Teresa Scheiner, e de Paulo Knauss, que abriu a cerimôniaO diretor do MHN disse ser uma honra receber o evento em casa e destacou o papel do museu na produção do conhecimento. “O museu é um lugar de encontros e este, realizado hoje, é especial porque faz com que o Museu Histórico Nacional se encontre com a própria história e contribua com a formação do profissional de museologia”, declarou.  

Heloisa Domingues parabenizou “os professores que lutaram e criaram esse curso de sucesso" e reforçou que "o PPG-PMUS tem trilhado um caminho que vai ao encontro da missão de um museu: o de demonstrar para a sociedade o papel que as coleções históricas tiveram na transformação social”Evelyn Orrico traçou um panorama atual da pós-graduação da UNIRIO, que tem buscado fortalecer seus cursos e aumentar a capacidade de produção, e relembrou ter presenciado e acompanhado a proposta inicial do PPG-PMUS. “Estou contente de ver o sucesso e o pioneirismo do curso e espero que o programa ainda comemore muitos anos de vida”, concluiu. 

Teresa Scheiner falou da parceria com o Mast, que “tem se revelado altamente positiva ao longo desses dez anos, garantindo a consistência e originalidade das pesquisas teóricas desenvolvidas por professores e alunos e a qualidade das práticas museológicas implementadas no Programa e através dele”. Teresa também oficializou a abertura das atividades acadêmicas do PPG-PMUS em 2016. (Letícia Hermont/Comso)

 Evelyn Orrico fala durante a cerimônia de abertura do evento (Foto: Comso)


Acesso a Informação Capes CNPQ