código do Google analytics Dez anos de pioneirismo e destaque no campo da Museologia — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Dez anos de pioneirismo e destaque no campo da Museologia

Dez anos de pioneirismo e destaque no campo da Museologia

por comunicacao — publicado 24/02/2016 16h50, última modificação 25/02/2016 05h07
Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio da UNIRIO e do Mast iniciou comemoração de aniversário nesta quarta-feira, dia 24, com a realização de mesa-redonda no Museu Histórico Nacional

Teve início na manhã desta quarta-feira, 24 de fevereiro, a comemoração pelos dez anos do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (PPG-PMUS) da UNIRIO e do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast). O evento foi realizado no Museu Histórico Nacional (MHN), no centro do Rio, e contou com a realização de uma mesa-redonda sobre Museologia e Formação Profissional.

Primeiro programa de pós-graduação  stricto sensu em Museologia da América do Sul e o único a oferecer o doutorado, o PPG-PMUS foi implementado em 2006, oferecendo inicialmente o curso de mestrado. Desde o início, o programa apresentou um formato pioneiro ao associar uma Universidade a um museu, que também é um instituto de pesquisa em ciências.  Em seus dez anos, formou mais de cem mestres e seis doutores, consolidando uma produção acadêmica de qualidade, com resultados de pesquisa, a realização de eventos acadêmicos e a publicação de artigos e livros. 

A história do programa tem raízes em 1932 quando foi criado o Curso de Museus do MHN. Em 1976, ao ser incorporado à UNIRIO, deu origem à atual Escola de Museologia. “Este é, portanto, um momento de dupla comemoração: os dez anos do PPG-PMUS e os 40 anos da incorporação à UNIRIO do Curso de Museus”, declarou a coordenadora do programa, Teresa Scheiner.

Início da comemoração do 10º aniversário

Dando largada na programação de aniversário, foi realizada uma cerimônia de abertura e posteriormente uma mesa-redonda sobre Museologia e Formação Profissional. O decano do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH) da UNIRIO, Ivan Coelho de Sá, participou do debate ao lado do diretor do MHN, Paulo Knauss, e do vice-coordenador do PPG-PMUS, Marcus Granato. Ivan, cuja pesquisa tem como epicentro de estudo a formação profissional em Museologia, traçou a trajetória histórica do Curso de Museus desde a década de 30, pontuando as principais matrizes curriculares ao longo dos anos, suas disciplinas e seus eixos temáticos. Ele comemorou a escolha do MHN para a realização do evento: “O Museu Histórico Nacional é onde tudo começou. É o marco zero para a área da museologia”.  

Já a mesa de abertura contou com a participação da pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIRIO, Evelyn Orricoda diretora do Mast, Heloisa Domingues, da coordenadora do PPG-PMUS, Teresa Scheiner, e de Paulo Knauss, que abriu a cerimôniaO diretor do MHN disse ser uma honra receber o evento em casa e destacou o papel do museu na produção do conhecimento. “O museu é um lugar de encontros e este, realizado hoje, é especial porque faz com que o Museu Histórico Nacional se encontre com a própria história e contribua com a formação do profissional de museologia”, declarou.  

Heloisa Domingues parabenizou “os professores que lutaram e criaram esse curso de sucesso" e reforçou que "o PPG-PMUS tem trilhado um caminho que vai ao encontro da missão de um museu: o de demonstrar para a sociedade o papel que as coleções históricas tiveram na transformação social”Evelyn Orrico traçou um panorama atual da pós-graduação da UNIRIO, que tem buscado fortalecer seus cursos e aumentar a capacidade de produção, e relembrou ter presenciado e acompanhado a proposta inicial do PPG-PMUS. “Estou contente de ver o sucesso e o pioneirismo do curso e espero que o programa ainda comemore muitos anos de vida”, concluiu. 

Teresa Scheiner falou da parceria com o Mast, que “tem se revelado altamente positiva ao longo desses dez anos, garantindo a consistência e originalidade das pesquisas teóricas desenvolvidas por professores e alunos e a qualidade das práticas museológicas implementadas no Programa e através dele”. Teresa também oficializou a abertura das atividades acadêmicas do PPG-PMUS em 2016. (Letícia Hermont/Comso)

 Evelyn Orrico fala durante a cerimônia de abertura do evento (Foto: Comso)


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio