Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

Você está aqui: Página Inicial / UNIRIO inaugura o Instituto de Saúde Coletiva

UNIRIO inaugura o Instituto de Saúde Coletiva

por Comunicacao UNIRIO publicado 08/06/2016 16h50, última modificação 09/06/2016 08h15

"Hoje é um dia de festa. É a concretização de um sonho idealizado por muitos de nós há oito anos”. Com essa declaração, o reitor da UNIRIO, Luiz Pedro San Gil Jutuca, iniciou a cerimônia de inauguração do Instituto de Saúde Coletiva (ISC), do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). O evento – que aconteceu na manhã desta quarta-feira, dia 8 de junho, na Unidade da Escola de Medicina e Cirurgia (EMC), na Tijuca – também inaugurou mais um polo do Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde da Universidade.

O ISC nasceu com a missão de inserir a UNIRIO no cenário de produção e aplicação crítica dos conhecimentos teóricos e práticos na saúde coletiva. O instituto tem como objetivos promover maior vinculação do ensino de graduação com as necessidades sociais em saúde, com ênfase no SUS; promover atividades de extensão junto à comunidade para transformação da realidade existente; e desenvolver programas de pós-graduação para aprimorar a formação e desenvolvimento de profissionais na área.

Já o Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde - estação Tijuca, junto com o primeiro polo da iniciativa, inaugurado na Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP) em setembro de 2015, busca estudar o cuidado em saúde a partir de uma abordagem interdisciplinar que propicie o diálogo entre os diferentes atores do processo. O projeto se insere no Observatório de Políticas Públicas em Saúde e em Educação em Saúde, que envolve uma rede de pesquisadores de diversas universidades brasileiras. 

Cerimônia de inauguração

Presidindo o evento, o reitor da UNIRIO relembrou o início do projeto do instituto, em 2008, e reforçou a importância do ISC no fortalecimento da saúde pública. “Hoje temos um espaço muito bem constituído para pensar academicamente e socialmente a saúde coletiva”, afirmou. O vice-reitor, Ricardo Cardoso, enfatizou o crescimento da área na UNIRIO. “É com muita satisfação que vemos a expansão da saúde coletiva, ocasionada principalmente por sua capacidade multidisciplinar. Hoje comemoramos mais uma conquista da nossa Universidade”.

A decana do CCBS, Ana Maria Mendes Wandelli, que é diretora pro tempore do ISC, agradeceu o empenho de cada um dos responsáveis pela criação do Instituto. “Este é um momento de muita alegria. Aqui temos pessoas que fazem e sempre fizeram pela saúde pública”, ressaltou. A professora do ISC Gloria Regina da Silva e Sá ficou emocionada durante o seu discurso ao relembrar sua trajetória na UNIRIO, que começou há 42 anos, quando se formou pela EMC. “Essa emoção é porque, depois que me formei e me tornei professora da instituição, encontrei um grupo afinado, que trabalhou e lutou muito para a criação desse instituto”. Também fizeram parte da mesa solene o pró-reitor de Graduação, Alcides Guarino, a pró-reitora de Extensão e Cultura, Claudia Aiub, o diretor de Pesquisa, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, Anderson Junger Teodoro, e a professora do Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde, Carla Albuquerque. 

Após o descerramento das placas do ISC e do Observatório, foi realizada a mesa-redonda Experiências e desafios na proposição de Instituto de Saúde Coletiva, com a participação do pró-reitor Alcides Guarino e dos professores Aluísio Gomes da Silva Junior, diretor do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal Fluminense; Gulnar Azevedo e Silva, diretora do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj);e Antônio José Leal, diretor do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O debate abordou a experiência dos docentes com a saúde coletiva e à frente dos institutos, os desafios e propostas para a área. A mediação ficou a cargo da professora Gloria Regina da Silva e Sá.

Momento do descerramento da placa do Instituto de Saúde Coletiva (Foto: Comso)


Acesso a Informação Capes CNPQ