código do Google analytics Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa

Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa

por comunicacao — publicado 06/09/2019 10h40, última modificação 12/09/2019 12h56
Reportagem da TV Globo Rio abordou a diminuição no valor dos repasses para as universidades públicas e agências de fomento à pesquisa

Em reportagem divulgada pela TV Globo Rio e pelo portal G1, a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação da UNIRIO, Evelyn Dill Orrico, explicou os problemas decorrentes dos atuais cortes orçamentários promovidos pelo governo federal nas universidades e institutos federais e nas agências de fomento à pesquisa. A reportagem repercute a nota emitida ontem pela Frente Rio, que reúne o posicionamento dos pró-reitores e coordenadores responsáveis pela pós-graduação e pela pesquisa em treze institutos de educação superior do Rio de Janeiro.

"Estamos tentando mostrar para a população que nós sabemos os riscos que estamos correndo, mas vamos mostrar para população o que ela tem das vacinas que nos protegem das doenças, dos remédios que lhe curam das doenças, dos alimentos mais sustentáveis, projetos de estudos e reflexão sobre violência. Enfim, em todas as áreas do conhecimento, isso tudo vai ser impactado. Então, o prejuízo para a sociedade é incalculável", comentou a pró-reitora Evelyn Orrico.


Veja a reportagem na seção UNIRIO na Mídia.

Veja esta notícia em Libras

Capes CNPQ Imagem Rede Unirio