código do Google analytics Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa

Cortes orçamentários prejudicam atividades de ensino e pesquisa

por comunicacao — publicado 06/09/2019 10h40, última modificação 12/09/2019 12h56
Reportagem da TV Globo Rio abordou a diminuição no valor dos repasses para as universidades públicas e agências de fomento à pesquisa

Em reportagem divulgada pela TV Globo Rio e pelo portal G1, a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação da UNIRIO, Evelyn Dill Orrico, explicou os problemas decorrentes dos atuais cortes orçamentários promovidos pelo governo federal nas universidades e institutos federais e nas agências de fomento à pesquisa. A reportagem repercute a nota emitida ontem pela Frente Rio, que reúne o posicionamento dos pró-reitores e coordenadores responsáveis pela pós-graduação e pela pesquisa em treze institutos de educação superior do Rio de Janeiro.

"Estamos tentando mostrar para a população que nós sabemos os riscos que estamos correndo, mas vamos mostrar para população o que ela tem das vacinas que nos protegem das doenças, dos remédios que lhe curam das doenças, dos alimentos mais sustentáveis, projetos de estudos e reflexão sobre violência. Enfim, em todas as áreas do conhecimento, isso tudo vai ser impactado. Então, o prejuízo para a sociedade é incalculável", comentou a pró-reitora Evelyn Orrico.


Veja a reportagem na seção UNIRIO na Mídia.

Veja esta notícia em Libras

Capes CNPQ Imagem Rede Unirio