Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

PPGAN

Você está aqui: Página Inicial / Representação de enfermeiras na arte é tema de pesquisa da EEAP

Representação de enfermeiras na arte é tema de pesquisa da EEAP

por Comunicacao UNIRIO publicado 29/01/2016 16h50, última modificação 02/02/2016 08h15

Imagem pública em pedra e bronze: o fantasma da Pietà nas esculturas de enfermeiras. Esse é o tema da tese de doutorado que a pesquisadora Andreia Neves de Sant’Anna defende na próxima segunda-feira, dia 1º, às 14h, no auditório da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP). O trabalho tem orientação do professor da EEAP Fernando Porto.

O estudo se baseia na semiótica e no suporte teórico do historiador de arte alemão Aby Warburg para analisar 15 esculturas em homenagem a enfermeiras produzidas entre 1904 e 2014. Todas as obras de arte retratam as profissionais de saúde em contextos de guerra.

Segundo a autora, foi possível observar a representação do fenômeno não só profissional, mas, também, social da enfermagem por meio das esculturas, e “perceber a presença fantasmal da Pietà de Michelangelo, manifesta por meio do gesto”.

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela UNIRIO, Andreia é professora da Universidade Estácio de Sá e enfermeira do Hospital Universitário Pedro Ernesto e do Hospital Municipal Jesus.

Fotografias de todas as obras analisadas estão expostas no hall de entrada da EEAP até a próxima quinta-feira, dia 4. 

A Escola de Enfermagem se localiza na Rua Xavier Sigaud, 290, Urca. 

Escultura 'Vietnam Women’s Memorial', de Glenna Goodacre, foi uma das obras analisadas no trabalho (Foto: Divulgação)

registrado em:

Acesso a Informação Capes CNPQ