código do Google analytics Representação de enfermeiras na arte é tema de pesquisa da EEAP — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Representação de enfermeiras na arte é tema de pesquisa da EEAP

Representação de enfermeiras na arte é tema de pesquisa da EEAP

por comunicacao — publicado 29/01/2016 15h50, última modificação 02/02/2016 07h15
Tese de doutorado ‘Imagem pública em pedra e bronze’ será defendida na segunda-feira, dia 1º, às 14h, no auditório da Escola

Imagem pública em pedra e bronze: o fantasma da Pietà nas esculturas de enfermeiras. Esse é o tema da tese de doutorado que a pesquisadora Andreia Neves de Sant’Anna defende na próxima segunda-feira, dia 1º, às 14h, no auditório da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP). O trabalho tem orientação do professor da EEAP Fernando Porto.

O estudo se baseia na semiótica e no suporte teórico do historiador de arte alemão Aby Warburg para analisar 15 esculturas em homenagem a enfermeiras produzidas entre 1904 e 2014. Todas as obras de arte retratam as profissionais de saúde em contextos de guerra.

Segundo a autora, foi possível observar a representação do fenômeno não só profissional, mas, também, social da enfermagem por meio das esculturas, e “perceber a presença fantasmal da Pietà de Michelangelo, manifesta por meio do gesto”.

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela UNIRIO, Andreia é professora da Universidade Estácio de Sá e enfermeira do Hospital Universitário Pedro Ernesto e do Hospital Municipal Jesus.

Fotografias de todas as obras analisadas estão expostas no hall de entrada da EEAP até a próxima quinta-feira, dia 4. 

A Escola de Enfermagem se localiza na Rua Xavier Sigaud, 290, Urca. 

Escultura 'Vietnam Women’s Memorial', de Glenna Goodacre, foi uma das obras analisadas no trabalho (Foto: Divulgação)


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio