código do Google analytics Oficina na Biblioteca Central irá trabalhar textos acadêmicos enquanto dispositivos de invenção de si — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Oficina na Biblioteca Central irá trabalhar textos acadêmicos enquanto dispositivos de invenção de si

Oficina na Biblioteca Central irá trabalhar textos acadêmicos enquanto dispositivos de invenção de si

por comunicacao — publicado 10/09/2018 20h15, última modificação 11/09/2018 15h47
Evento acontece na próxima quarta-feira (12), das 9h às 12h, na Sala Multimídia

Na próxima quarta-feira (12), das 9h às 12h, será realizada uma oficina intitulada #LAMISEENETAGERE. O título remete ao ato de dispor, organizar e categorizar livros e documentos arquivísticos em estantes de uma biblioteca. A oficina acontece na Sala Multimídia da Biblioteca Central da UNIRIO e será ministrada por Renata Daflon Leite, que é mestre e doutora em Memória Social pela UNIRIO e pós-doutora pela Université D’avignon. Os interessados devem confirmar inscrição pelo e-mail renatadaflon@gmail.com.

A oficineira irá revisitar sua tese de doutorado, intitulada O Festival de Avignon, ‘un Festival des Arts Vivants’: Afetos e intensidades na reinvenção do patrimônio na cidade, e sua dissertação de mestrado, intitulada Patrimônio em rede, memória criativa e performance: um estudo do blog Índios Online.

 Após as leituras, a oficineira proporá uma reflexão sobre os textos acadêmicos enquanto dispositivos de invenção de si. O conceito de subjetivação será o fio condutor da oficina, pois ele perpassa a trajetória acadêmica da pesquisadora. A oficina é calcada na apresentação da metodologia de pesquisa da autora em seu trabalho de campo.

 A oficina é aberta a pesquisadores, professores, acadêmicos, bem como a todo e qualquer ator social implicado na gestão de coletivos.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio