código do Google analytics Lançado site do Observatório Fluminense de Políticas Públicas em Defesa da Pessoa com Deficiência — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Imprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Lançado site do Observatório Fluminense de Políticas Públicas em Defesa da Pessoa com Deficiência

Lançado site do Observatório Fluminense de Políticas Públicas em Defesa da Pessoa com Deficiência

por daniela.oliveira — publicado 26/08/2020 14h54, última modificação 26/08/2020 15h18
Plataforma reúne dados de órgãos públicos e organizações do terceiro setor do RJ que defendem os direitos das pessoas com deficiência

Aconteceu, na tarde desta terça-feira (25), o seminário de encerramento do projeto extensionista Observatório Fluminense de Políticas Públicas em Defesa da Pessoa com Deficiência. A iniciativa resultou da parceria entre a UNIRIO e o Instituto Brasil Social.

Durante a atividade, foi apresentado o site do Observatório, que reúne dados de órgãos públicos e organizações do terceiro setor, localizados no Estado do Rio de Janeiro, que atuam na defesa dos direitos das pessoas com deficiência (PCDs). A plataforma conta com funcionalidades de acessibilidade para diferentes tipos de deficiência.

No seminário, professores e bolsistas que participaram do projeto apresentaram os principais resultados obtidos desde 2016, quando o Observatório foi iniciado.

Coordenador do projeto pela UNIRIO, o professor Luiz Carlos de Souza resumiu as fases do trabalho, que buscou, entre outros pontos, avaliar o engajamento dos municípios do RJ no desenvolvimento de políticas públicas para a inclusão de PCDs; compreender o perfil das estruturas públicas do Estado do RJ voltadas à defesa dos direitos das PCDs; mapear as organizações não governamentais do estado que atuam na luta pelos direitos das PCDs. O mapeamento identificou 82 instituições do terceiro setor, listadas no site do projeto.

Acesse: https://oppdeficiencia2019.org.br.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio