Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

NAU

Você está aqui: Página Inicial / 13ª SIA: as experiências da Iniciação Científica

13ª SIA: as experiências da Iniciação Científica

por Comunicacao UNIRIO publicado 21/10/2015 19h15, última modificação 23/10/2015 08h55

Durante a 13ª Semana de Integração Acadêmica (13ª SIA), estudantes de graduação da UNIRIO com bolsa de iniciação científica (IC) apresentam, para a comunidade acadêmica e para avaliadores externos, as pesquisas desenvolvidas em suas áreas do conhecimento. No total, mais de 250 trabalhos serão apresentados até quinta-feira, 22 de outubro, dentro da 14ª Jornada de Iniciação Científica.

Na tarde desta quarta-feira, 21, foi a vez dos bolsistas IC dos cursos do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH). Na área de História, os trabalhos abordaram temas como o conteúdo de testamentos coloniais; religião e espetáculo na República Romana no século I a.C.; a participação das mulheres na luta antifascista no Brasil na década de 1920; e a construção da identidade bárbaro gaulesa, entre outros.

A bolsista Mariana Fonseca apresentou sua pesquisa sobre a relação entre deuses egípcios e greco-romanos, mais especificamente sobre a divindade egípcia Maat e as deusas gregas Métis, Temis e Dike. O estudo, com orientação da professora Juliana Marques, apontou associações entre as divindades, relacionadas aos conceitos de ordem, verdade e justiça.

Turismo nas favelas e educação no regime militar

Pelo Turismo, a bolsista Giovanna Machado apresentou o trabalho "O estado da arte do turismo em favelas no Brasil", orientado pela professora Camila Moraes. Atuando desde 2012 no Observatório do Turismo de Favelas, Giovanna falou sobre a fase mais recente da pesquisa, que consistiu no levantamento de produções científicas nacionais sobre o tema, entre 2002 e 2014.

Segundo a bolsista, foram encontrados 49 itens, entre artigos, livros, capítulos e dissertações. A ideia é que essas referências sirvam de embasamento para o estudo das iniciativas ligadas ao turismo dos moradores de favelas do Rio de Janeiro.

Na área da Educação, os ciclos formativos e a formação de professores para o ensino infantil foram alguns dos temas tratados pelos bolsistas. Isabel Nogueira Vieira, orientanda da professora Jane Santos, apresentou considerações sobre as propostas educacionais do governo Castello Branco, no primeiro período do regime militar.

As políticas, segundo Isabel, tinham como base o tecnicismo e a doutrina de Segurança Nacional. Um dos objetivos da pesquisa é entender os motivos da existência de um discurso que prega que “a educação na época da ditadura era melhor”.

Também apresentaram trabalhos nesta quarta-feira estudantes das áreas de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Sociais, Filosofia, Memória Social, Museologia e Serviço Social. A programação da 14ª JIC se encerra nesta quinta-feira, 22, com as apresentações dos estudantes de Letras e Música, das 16h às 18h30, no Instituto de Biociências (Ibio).

A 13ª SIA vai até sábado, dia 24, com palestras, seminário, minicursos, conferência internacional e apresentação de trabalhos de monitoria, pesquisa e extensão. Confira a programação(Daniela Oliveira/Comso)


registrado em:

Acesso a Informação Capes CNPQ