Você está aqui: Página Inicial / Profa. Dra. Clarissa Moreira dos Santos Schmidt

Profa. Dra. Clarissa Moreira dos Santos Schmidt

Professora Adjunta no Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense - UFF. Doutora em Ciência da Informação (2012) pelo Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Sua Tese intitulada Arquivologia e a construção de seu objeto científico: trajetórias, concepções, contextualizações, foi a vencedora do II Prêmio Maria Odila Fonseca, oferecido pela AAB - Associação dos Arquivistas Brasileiros. Graduada em Arquivologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Mestre em História Social (2005) sendo bolsista CAPES, e bacharel em Ciências Sociais (2001), ambos pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), sua experiência profissional é voltada à Gestão da Informação e de Documentos, Arquivos Permanentes e Memória Empresarial. É professora no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense - PPGCI/UFF e do Programa de Pós-graduação em Gestão de Documentos e Arquivos (PPGARQ) da UNIRIO, além de pertencer ao quadro diretivo da Associação de Arquivistas de São Paulo (ARQ-SP) a partir de 2008, ocupando atualmente o cargo de Vice-presidente. Tem experiência na área de Arquivologia, atuando principalmente nos seguintes temas: fundamentos da arquivologia, gestão de documentos e classificação de documentos de arquivo. Coordenadora do Curso de Graduação em Arquivologia desde 06/2017. 

clarissaschmidt@id.uff.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9398149996443387

Projeto de Pesquisa no ProgramaO Ensino da Classificação de documentos de Arquivo nos cursos de Arquivologia do Brasil: análise e proposta de modelo. 

Resumo: Considerando que a Classificação de documentos de arquivo se configura como a operação capaz de relacionar o documento de arquivo com seu contexto de produção e, consequentemente, demonstrar a organicidade e reforçar o seu estatuto probatório, esta pesquisa busca compreender como esta operação está sendo ensinada aos estudantes nos cursos de Arquivologia do Brasil, além de analisar o perfil dos docentes das disciplinas que contemplam a temática em questão. Pretende, também, construir uma proposta de modelo para o ensino da Classificação em arquivos, abarcando tanto a teoria, como a prática.