Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

PPGAN

Você está aqui: Página Inicial / UNIRIO inaugura Centro de Inovação em Espectrometria de Massas

UNIRIO inaugura Centro de Inovação em Espectrometria de Massas

por Comunicacao UNIRIO publicado 21/06/2013 00h00, última modificação 17/07/2015 16h49

Em cerimônia realizada nesta quarta-feira, 19 de junho, o Laboratório de Bioquímica de Proteínas (LBP) da Escola de Nutrição da UNIRIO inaugurou seu Centro de Inovação em Espectrometria de Massas (IMasS). Entre outras atividades, o espaço funcionará como suporte para a avaliação metabólico-nutricional de atletas olímpicos, realizada pelo LBP com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

O novo centro é reconhecido pelo programa de inovação da empresa norte-americana Waters, uma das principais produtoras de equipamentos para o setor de espectrometria de massas – importante ferramenta em processos de identificação e quantificação de moléculas. Presente no evento, o vice-presidente da Waters, Mark Groudas, salientou que a companhia é criteriosa na escolha de seus parceiros. “Nesse nível [científico] temos poucos colaboradores, apenas 20 no mundo”, disse.

O gerente-geral da empresa no Brasil, Luiz Fernando Lopes, destacou o tempo recorde de implantação do IMasS. “Este é um dos maiores laboratórios não só do Brasil, mas de toda a América Latina, e um projeto desse porte costuma levar muito mais tempo do que vimos nesse caso”, ressaltou. Construído com investimento de quase R$ 8 milhões, provenientes da UNIRIO e da Waters, o centro de inovação reúne três espectrômetros de massas e seis cromatógrafos de última geração, além de computadores com altíssima capacidade de processamento, softwares e instrumentos específicos para atuação na área.

Na inauguração, o coordenador do LPB, professor Luiz Claudio Cameron, se comprometeu em oferecer à sociedade o retorno pelos recursos investidos. “Não vou deixar esses equipamentos dormirem”, garantiu. “Vou fazer cada centavo gasto aqui voltar na forma de pesquisa, ciência e tecnologia.”

O reitor da UNIRIO, Luiz Pedro San Gil Jutuca, destacou a importância do novo espaço para o incremento à pesquisa na Universidade. “A UNIRIO tem a satisfação de ver que uma parcela de nossa dívida com a pesquisa está sendo abatida hoje.”

Também participaram da cerimônia oficial de inauguração do IMasS o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIRIO, Ricardo Silva Cardoso; a diretora do Departamento de Planejamento e Gestão Estratégica do Ministério do Esporte, Cássia Damiani; o vice-reitor da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), João Carlos de Souza Maia; o diretor do Instituto de Pesquisa e Capacitação Física do Exército – IPCFEx, tenente-coronel Fernando Araújo Duarte; o superintendente do COB, Sebástian Pereira; e o gerente-geral da Waters, John Gleber.

Programação científica

O pesquisador do Instituto de Química da Unicamp Marco Aurelio Zezzi Arruda e o bioquímico e professor da Universidade de Padova (Itália) Ernesto Carafoli foram conferencistas no evento. Zezzi Arruda apresentou um panorama de suas pesquisas na área de metalômica, que investiga a presença de metais em proteínas e outros materiais biológicos. A metalômica utiliza técnicas de espectrometria de massas para identificação e quantificação dos íons metálicos, bem como para a caracterização das proteínas dos organismos estudados.

Em palestra sobre o sinal bioquímico de cálcio, o professor da Universidade de Padova (Itália) Ernesto Carafoli falou sobre a importância do metal para organismos vivos. Segundo ele, o cálcio tem diversas funções moduladoras em células mamíferas: atua em estruturas transportadoras dependentes do metal, participa da fertilização e da divisão celular, está presente na contração muscular, no controle de secreção e na expressão genética, entre outras atividades.

Cooperação acadêmica

No mesmo evento, o reitor da UNIRIO e o vice-reitor da UFMT assinaram um termo de cooperação entre as duas instituições. A parceria visa ao desenvolvimento de ações conjuntas nos campos de ensino e pesquisa, por meio do intercâmbio científico, tecnológico, educativo e cultural nas diversas áreas do conhecimento.

O acordo também estabelece a viabilização do acesso à infraestrutura em ambas as instituições e o intercâmbio de professores e funcionários para atender a projetos de interesse mútuo. A UNIRIO e a UFMT já realizam atividades de pesquisa conjuntas, uma delas desenvolvida com o LBP, coordenado pelo professor Cameron.

O evento contou também com uma intervenção dramática de estudantes da Escola de Teatro da UNIRIO.


Acesso a Informação Capes CNPQ