Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

Você está aqui: Página Inicial / Seminário debate a memória e a história da educação no Brasil

Seminário debate a memória e a história da educação no Brasil

por Comunicacao UNIRIO publicado 10/12/2015 11h55, última modificação 14/12/2015 08h35

Teve início, na manhã desta quinta-feira, dia 10 de dezembro, o seminário Documentação, Memória e História da Educação do Brasil. O evento acontece durante todo o dia no auditório Tércio Pacitti (CCET/Ibio) e faz parte da semana de atividades promovidas pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU) da UNIRIO, voltada para estudantes, professores e pesquisadores da área e demais interessados.

Organizado pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), em parceria com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (Secadi/MEC), com o apoio da UNIRIO, o seminário conta com a apresentação de 26 artigos de pesquisadores de diferentes instituições de ensino superior brasileiras. Confira a programação.

Na mesa de abertura, a presidente da Anped e professora da Universidade Federal de Goiás (UFG), Maria Margarida Machado, falou da importância do seminário na celebração do trabalho de diversos estudiosos da área e no resgate da memória e história da educação do Brasil. “A gente tem a compreensão de que muito do que esse país faz em termos de educação está ficando esquecido e a gente não está tendo a oportunidade, de fato, de dar visibilidade ao que já construímos em termos de conhecimento historiográfico, documental e memorialístico”, declarou.

Maria Margarida ainda informou que será realizada, ao longo do seminário, a assinatura de um termo de cooperação entre a Anped e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no qual toda a documentação da associação passará a ser de responsabilidade da UFRJ “para que a memória da educação brasileira possa ser preservada”.

Fizeram também parte da mesa de abertura a diretora da Faculdade de Educação da UNIRIO, Sandra Albernaz de Medeiros, a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UNIRIO, Andréa Fetzner, a vice-presidente da Anped –região Norte – e professora da Universidade Federal do Pará (UFPA), Vera Lúcia Jacob Chaves, e o diretor financeiro da Anped e professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Elizeu Clementino de Souza.

Sandra Albernaz elogiou a temática do seminário e parabenizou a iniciativa da Anped de trazê-la para discussão, desejando que “as múltiplas vozes possam ser ouvidas, especialmente no que se refere à memória, que no meu entendimento é o coração da vida de todos nós, porque diz respeito a nossa experiência existencial, à experiência na qual todos nós estamos mergulhados”.

Andréa Fetzner ressaltou a participação da UNIRIO, junto com a Anped, num movimento que destaca o papel da universidade pública na construção de um projeto de país. “Este seminário traz contribuições fundamentais na medida em que propõe potencializar e recuperar a memória dos movimentos populares do Brasil, e levantar o debate sobre questões tão importantes na manutenção de um projeto de democracia”, concluiu.

Os artigos apresentados no seminário comporão dois livros, com previsão de publicação no primeiro semestre de 2016.

Lançamento de e-book

Após o encerramento do seminário, será lançado, às 19h, no auditório Paulo Freire, no Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH) da UNIRIO, o e-book Educação Popular e Educação de Jovens e Adultos. Coordenado por Osmar Fávero, da Universidade Federal Fluminense (UFF), e Elisa Motta, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio), o livro é o resultado de um projeto de dez anos dos pesquisadores.

O Auditório Tércio Pacitti (CCET/Ibio) e o Auditório Paulo Freire (CCH) estão localizados na Av. Pasteur, 458, Urca.

Pesquisadores apresentam trabalhos durante o seminário (Foto: Comso)


Acesso a Informação Capes CNPQ