código do Google analytics Relatório Jovens na Ibero-América 2021 é lançado em evento na UNIRIO — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Comunicação Institucional

Central de Conteúdos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone repositorio: ilustração de fundo azul com conteúdo textual na cor brancaRepositório Hórus

Você está aqui: Página Inicial / Relatório Jovens na Ibero-América 2021 é lançado em evento na UNIRIO

Relatório Jovens na Ibero-América 2021 é lançado em evento na UNIRIO

por Comunicação publicado 22/09/2022 14h08, última modificação 23/09/2022 09h32
Pesquisa revela o pensamento dos jovens em questões como trabalho, uso do tempo livre, religiosidade e migrações

Em evento realizado nesta quinta-feira (22) no Auditório Paulo Freire, da UNIRIO, foi lançado o relatório Jovens na Ibero-América 2021. A publicação é um comparativo de alcance regional que oferece uma visão geral de como os jovens são, pensam e agem na Ibero-América. O objetivo do relatório é oferecer uma visão geral de como os jovens são, pensam e agem no México, Peru, República Dominicana, Chile, Brasil, Argentina, Equador, Colômbia e Espanha.

O questionário comum consistiu em um total de sete dimensões de análise: estrutura política e social; visão das e dos jovens sobre questões importantes; ocupação; uso do tempo livre; aspectos da juventude e sua autopercepção sobre questões éticas e sobre justiça de gênero; religiosidade; e migrações. No caso da América Latina, os dados foram obtidos por meio de uma pesquisa nos domicílios de jovens de 15 a 29 anos. Na Espanha, foram obtidos por meio de uma pesquisa on-line.

Entre os autores do estudo esteve a professora Eliane Ribeiro, da Escola de Educação da UNIRIO, que ficou responsável pelo capítulo sobre percepções dos jovens sobre as estruturas sociais e políticas. "O panorama indica que existe uma relativa crise de confiança nas instituições para o exercício democrático, mas o pacto social da democracia parece vivo. (...) Quanto mais aprofundamos o conhecimento, mais conquistas podemos garantir aos jovens iberamericanos para que sejam reconhecidos como sujeitos de direitos", disse a professora durante sua apresentação.

Ao todo, foram entrevistados 13.500 jovens em toda a região. O relatório é parte de um trabalho mais extenso desenvolvido pelo Observatório da Juventude na Ibero-América.

Leia o resumo do relatório com as principais conclusões do trabalho. Veja abaixo na íntegra o evento de lançamento na UNIRIO.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio Marca SEI UNIRIO