Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

Em foco novembro

Você está aqui: Página Inicial / Corte de verbas anunciado pela Capes preocupa pró-reitores do Rio de Janeiro

Corte de verbas anunciado pela Capes preocupa pró-reitores do Rio de Janeiro

por Comunicacao UNIRIO publicado 15/07/2015 18h25, última modificação 15/07/2015 23h07

Os pró-reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das universidades e dos centros de pesquisa do estado do Rio de Janeiro se reuniram na última terça-feira, dia 14, na UNIRIO, para discutir sobre as consequências do corte de verbas anunciado recentemente pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes).

Segundo os professores, o comunicado da redução em 75% dos recursos do Programa de Apoio à Pós-Graduação (Proap) e do Programa de Excelência Acadêmica (Proex) causou surpresa e apreensão, uma vez que o orçamento que já havia sido liberado no início de 2015 assegurava valor semelhante ao do ano anterior. Com bases nesse orçamento, os programas de pós-graduação já haviam dado início a seus planejamentos, sendo que vários deles já empenharam parte dos recursos previstos.

Os docentes ressaltaram que a situação de poucos recursos compromete, entre outras ações, a participação de coordenadores dos programas nos Seminários de Acompanhamento das Áreas da Capes, agendados para os meses de agosto e setembro – razão pela qual sugeriram o adiamento do evento.

Na reunião, os gestores reconheceram que a Capes desempenha papel fundamental para o Sistema Nacional de Pós-Graduação do Brasil e que, em seus mais de 50 anos de existência, tem atuado decisivamente na avaliação e no apoio à pós-graduação. Para eles, a diminuição de recursos à pós-graduação altera a política de estímulo e fortalecimento do segmento desenvolvida nos últimos dez anos – que, no estado do Rio de Janeiro, representa a consolidação de mais de 700 cursos.

“Os cortes impostos asfixiarão a pós-graduação brasileira e impactarão as metas estabelecidas no Plano Nacional da Pós-Graduação e no Plano Nacional de Educação para os próximos anos”, concluíram os professores.

Os recursos do Proap e do Proex são utilizados em manutenção de equipamentos, aquisição de materiais de laboratório, apoio a trabalhos de campo, participação em congressos, editoração e publicação de artigos, realização de eventos científicos e participação de membros externos em bancas de tese e dissertação, entre outras ações fundamentais para o desenvolvimento dos programas de pós-graduação.

registrado em:

Acesso a Informação Capes CNPQ