código do Google analytics Mais investimento em pesquisa, menos obscurantismo — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Imprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Mais investimento em pesquisa, menos obscurantismo

Mais investimento em pesquisa, menos obscurantismo

por Comunicação publicado 15/04/2020 16h51, última modificação 17/04/2020 21h05
João Carlos Salles, presidente da Andifes, falou sobre os desafios das universidades em tempos de pandemia, durante conferência virtual promovida pela EEAP

Na última semana, o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), João Carlos Salles, participou de uma conferência virtual promovida pelo Departamento de Enfermagem de Saúde Pública da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP). A atividade teve como objetivo discutir o papel das universidades públicas durante a pandemia da Covid-19, promovendo troca de conhecimentos e interação durante este período de isolamento social.

"Eu tenho ouvido muito as pessoas dizerem que nada será igual após a pandemia. O que nós estamos gestando nesse momento? Qual é o legado dessa situação? Novas tecnologias e novos medicamentos ou autoritarismo?", questiona Salles, no início de sua fala. Segundo ele, nossa resposta deveria utilizar recortes sociais, como gênero e raça, para desenvolver políticas públicas dentro da academia.

Salles acredita que ações rápidas são necessárias, mas é preciso ter tranquilidade para não afetar o padrão de qualidade dos serviços prestados pelas universidades públicas. "Estamos com as atividades suspensas e todos já pensam em ações remotas que possam nos auxiliar nesta travessia. Queremos dar continuidade a nossas atividades, mas conteúdo e forma devem ser mantidos", explica o presidente. Segundo ele, as universidades não podem deixar que o momento acabe aprofundando as desigualdades - entre elas o acesso tecnológico - que há anos tentam corrigir.

O presidente da Andifes acredita que as universidades públicas devem seguir pelo caminho da colaboração e das soluções coletivas, pautando suas ações pela criatividade em projetos de longa duração, com troca de conhecimento entre diferentes saberes. Para ele, este é um momento em que as universidades precisam falar à população sobre a importância da manutenção de políticas públicas consistentes. "Precisamos de mais investimentos em pesquisa. Precisamos combater toda forma de obscurantismo que compromete o lugar que é a fonte das respostas que a nossa sociedade precisa agora", finalizou.

Após a fala do presidente, o espaço virtual foi aberto a questionamentos dos participantes. Doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Salles é professor titular do Departamento de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde também exerce o cargo de reitor desde 2014. 


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio