código do Google analytics Semana de Música Barroca da UNIRIO tem início nesta sexta-feira (25) — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Semana de Música Barroca da UNIRIO tem início nesta sexta-feira (25)

Semana de Música Barroca da UNIRIO tem início nesta sexta-feira (25)

por comunicacao — publicado 24/10/2019 16h35, última modificação 29/10/2019 11h35
Quinta edição do evento solidifica a parceria com o Centro de Música Barroca de Versalhes

Uma apresentação da Orquestra Barroca da UNIRIO (OBU) nesta sexta-feira (25), às 19h, no Museu Nacional de Belas Artes, dará início à quinta edição da Semana de Música Barroca. A semana solidifica a parceria com o Centro de Música Barroca de Versalhes (CMBV), o maior centro de pesquisa do repertório musical francês do século XVIII. No dia 30, a Orquestra volta a se apresentar, dessa vez na Sala Cecília Meirelles. 

Os concertos contarão com a participação de solistas brasileiros e alguns dos maiores nomes da música barroca europeia, como a soprano Katia Velletaz, a flautista Diana Baroni, a violinista e regente Mira Glodeanu, o oboísta Gilberto Caseio, o cravista João Rival e o celista e coordenador musical do CMBV, Benoît Dratwicki.

A Semana inclui ainda, além dos dois concertos, master classes de canto, flauta, violino e música de câmara. A flautista Laura Rónai, coordenadora da OBU, se mostra encantada com a continuação de uma colaboração extremamente fértil. “Poucas vezes o carioca terá a chance de ver e ouvir uma orquestra tão rica e variada tocando em instrumentos de época. Conseguimos reunir instrumentos barrocos raramente ouvidos por aqui, como flauta doce, traverso, piccolo, fagote, oboé, trompa natural, violino, viola, cello, viola da gamba, baixo, alaúde, theorba e cravo. Além disso teremos um grupo vocal belíssimo, com solistas excepcionais que nunca antes se apresentaram juntos” explica Laura.

A Orquestra Barroca da UNIRIO

Seguindo uma tendência que vem ganhando o mundo desde a década de 50 do século passado, a OBU procura recriar o ambiente sonoro intimista e variado dos séculos XVII e XVIII. Para isso, desde 2002 utiliza, em suas apresentações, cópias fiéis de instrumentos do período Barroco, com suas características peculiares. A ideia é proporcionar ao público a experiência de uma volta ao passado sonoro, restabelecendo o equilíbrio entre os timbres orquestrais originais e evocando o universo musical que circundava os compositores daquele período, como Boismortier, Lully, Leclair e Davaux.

Confira abaixo a programação completa da V Semana de Música Barroca:


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio