código do Google analytics Nota da Reitoria sobre investigação no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Comunicação Institucional

Central de Conteúdos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone repositorio: ilustração de fundo azul com conteúdo textual na cor brancaRepositório Hórus

Você está aqui: Página Inicial / Nota da Reitoria sobre investigação no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle

Nota da Reitoria sobre investigação no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle

por Comunicação publicado 10/02/2021 14h43, última modificação 10/02/2021 16h23

A atual gestão do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG), por meio de sua Superintendência assumida em julho de 2020, esclarece que as ações de busca e apreensão realizadas hoje, dia 10, a respeito de supostas compras superfaturadas para enfrentamento da Covid-19, foram referentes a atos da gestão anterior.

Desde julho de 2020, portanto, vêm sendo realizados diversos relatórios de apuração, incluindo relatórios de auditoria, a respeito desse tema. Já no início do levantamento, resquícios de pagamentos referentes a esse material haviam sido suspensos e renegociados com a empresa para correta adequação do valor de mercado.

Os relatórios a respeito desses itens já foram, também, encaminhados para os órgãos de controle, como Controladoria-Geral da União, a própria matriz da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), o Ministério Público e o Tribunal de Contas da União. Ou seja, dentro das competências da administração do hospital, já haviam sido tomadas as devidas providências. Inclusive, reforçamos que seguimos ao lado da Polícia Federal para disponibilizar qualquer tipo de informação necessária a respeito do tema.

Por fim, a Superintendência afirma se tratar de uma situação que requer cautela na apuração, já que enfrentada no meio de uma pandemia, sendo necessária a preservação da integridade da Instituição, agindo de forma transparente.

Reforçamos que todas as compras feitas posteriormente foram realizadas respeitando os ritos e processos legais necessários para manter o hospital abastecido.

Continuamos atentos e prestando todos os esclarecimentos.

(Reitoria da UNIRIO, com informações da EBSERH)


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio