Portal do Governo Brasileiro

Portal de IdentificaçãoWebmail |  Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale Conosco |  Mapa do Site

NAU

Você está aqui: Página Inicial / Especialistas debatem envelhecimento da população em seminário na SIA/SNCT

Especialistas debatem envelhecimento da população em seminário na SIA/SNCT

por Comunicacao UNIRIO publicado 19/10/2012 00h00, última modificação 22/07/2015 16h58

O aumento do número de idosos no Brasil, que hoje ultrapassam 10% da população total, tem despertado a atenção de diversos setores para a importância do envelhecimento saudável e para a necessidade de cuidados especiais voltados a esse grupo. O tema foi abordado por especialistas reunidos no seminário “Sustentabilidade do Envelhecimento no Brasil”, realizado no dia 18 de outubro, no Auditório do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia (CCET/UNIRIO). O evento fez parte da 10ª Semana de Integração Acadêmica (SIA) e da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) da UNIRIO.

Professora da Escola de Nutrição da UFRJ, Andréa Abdala Valentim destacou em sua apresentação que o envelhecimento é um evento progressivo e multifatorial e que deve ser uma experiência bem-sucedida. Segundo a especialista, alguns fatores são essenciais para isso: engajamento com a vida, manutenção dos níveis de habilidades funcionais e cognitivas, baixa probabilidade de doenças e boas condições sociais, entre outros.

Para a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Biociências (PPGENFBIO), Nébia Figueiredo, os profissionais que trabalham com idosos devem buscar um maior entendimento sobre atitudes frente ao corpo que envelhece, à solidão, à sexualidade e à morte. A professora alertou para os casos de violência contra o idoso, seja de ordem física ou psicológica, abandono, negligência ou exploração financeira. “Todos, sejam familiares, cuidadores ou profissionais de saúde, devem estar atentos para que isso não aconteça”, observou Nébia.

Renascer

Na UNIRIO, os idosos contam com um espaço para realização de atividades de socialização e para cuidados com a saúde. Trata-se do Programa Interdisciplinar de Promoção à Saúde e Qualidade de Vida do Idoso – Grupo Renascer. Criado há 17 anos, o projeto Renascer atende cerca de 380 participantes da região da Tijuca e adjacências, com promoção de assistência à saúde integral do idoso, auxiliando na melhoria de sua qualidade de vida, transformando suas relações sociais e contribuindo para a formação dos profissionais e estudantes da UNIRIO oriundos de diversos cursos de graduação das áreas de Saúde e Artes.

A coordenadora do Renascer, Maria Lúcia Carneiro, apresentou o projeto e destacou que, no período de 2001 a 2012, as pesquisas associadas ao programa já geraram 38 trabalhos finais de curso de graduação e de pós-graduação. Entre as atividades desenvolvidas estão palestras e ações educativas, arteterapia, canto, oficina de teatro e fisioterapia. Presentes ao seminário, 30 componentes do Coral do Grupo Renascer fizeram uma apresentação na abertura da atividade.

Ao fim do evento, foram apresentados resultados do projeto de pesquisa “Envelhecimento Populacional: Métodos de Análise de Dados Sociais, Epidemiológicos e Clínicos”, coordenado pela professora do Departamento de Matemática e Estatística (CCET/UNIRIO) Maria Tereza Serrano Barbosa e desenvolvido com usuários do Renascer.

Lançamento de livro

O seminário “Sustentabilidade do Envelhecimento no Brasil” marcou o lançamento da segunda edição do livro “Nutrição no Envelhecer”, organizado pela professora Andréa Abdala (UFRJ) e publicado pela Editora Atheneu. A obra inclui o capítulo “Construção de Práticas Alimentares e Redução do Risco de Doenças Crônicas na terceira Idade”, escrito pelo professor Marcelo Castanheira, da Escola de Nutrição da UNIRIO, e Claudiane Monsores de Sá, mestranda da UERJ e membro da Equipe Coordenadora do Grupo Renascer.

registrado em: ,

Acesso a Informação Capes CNPQ