código do Google analytics Economia da Comunhão debate ‘Não só dar, mas doar-se’ — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Economia da Comunhão debate ‘Não só dar, mas doar-se’

Economia da Comunhão debate ‘Não só dar, mas doar-se’

por comunicacao — publicado 05/10/2016 11h25, última modificação 10/10/2016 13h45
Evento acontece neste sábado, dia 8, na Glória

Neste sábado, dia 8 de outubro, acontece mais uma edição do projeto de extensão Produção e Economia de Comunhão, coordenado pela professora da Escola de Engenharia de Produção da UNIRIO Heloisa Borges. O encontro, que acontece das 16h às 19h, terá como tema Não só dar, mas doar-se.

A oficina busca refletir sobre os termos "amor exigente" e “paternalismo” e como eles podem (ou não) indicar a percepção que se tem do outro – com o qual nos relacionamos diariamente –, seja no trabalho, na família, no ambiente universitário etc. Os palestrantes convidados são a filósofa Maria das Graças S. da Rocha e o psicólogo Moacir Gomes de Faria.

Aberto ao público, o evento acontece na Rua Benjamin Constant, 23 (edifício João Paulo II), auditório do 5º andar, na Glória. Será emitido certificado de atividade complementar para os participantes.

Origens

A economia de comunhão foi criada em 1991 por Chiara Lubich, em São Paulo. Voltada para empresas, visa empregar os lucros em três finalidades: ajudar pessoas necessitadas, difundir a cultura da reciprocidade e desenvolver os negócios de forma eficiente e competitiva, simultaneamente à abertura para a gratuidade.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio