código do Google analytics Conferência Ciência na UNIRIO debateu rumos da pesquisa na Universidade — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoria Imprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Conferência Ciência na UNIRIO debateu rumos da pesquisa na Universidade

Conferência Ciência na UNIRIO debateu rumos da pesquisa na Universidade

por Comunicação publicado 13/05/2020 16h45, última modificação 14/05/2020 10h47
Conversa, realizada em ambiente virtual, fez parte da programação da Marcha Virtual pela Ciência

Na última quinta-feira (7), foi realizada a conferência virtual Ciência na UNIRIO pacto pela Vida. A atividade fez parte da Marcha Virtual pela Ciência, promovida pela Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), e que teve atividades científicas organizadas por todo o Brasil. 

A conferência da UNIRIO contou com participação do diretor de Pesquisa, Anderson Junger Teodoro; do diretor de Pós-Graduação, Carlos Roberto da Lyra Silva; do coordenador de Cultura, Fernando Porto; do diretor de Extensão, Júlio Macedo; e do diretor de Programas e Atividades Especiais de Ensino de Graduação, Ronaldo da Silva Busse. 

Após uma breve fala de abertura do reitor Ricardo Silva Cardoso, Ronaldo Busse deu início à conferência. Ele destacou os diversos programas da UNIRIO que são desenvolvidos junto aos estudantes de graduação. Falando a respeito dos projetos de monitoria, destacou a qualidade do trabalho desenvolvido. "A gente observa uma preocupação dos professores em realmente colocar o estudante como um protagonista do processo de aprendizado dele, com o uso de metodologias novas, participativas, e com aprendizado baseado em problemas", explica.

Em sua fala, Júlio Macedo explicou que a extensão se articula sobre três idéias centrais: interação dialógica (troca de saberes), caráter formativo (gerar consciência social) e  impacto social. Segundo ele, a extensão deve articular ensino, pesquisa e sociedade. "Não pode ser um processo unilateral nem impositivo, mas uma troca de saberes. Do ponto de vista metodológico, a gente trabalha com a pesquisa-ação, que permite que aconteça o diálogo entre o saber cientifico produzido nas universidades e os saberes que estão na comunidade", detalhou.

Em sua participação, Fernando Porto aproveitou para fazer um desagravo sobre a situação da cultura e dos profissionais da área durante este período de pandemia. "No Dia da Marcha Mundial da Ciência, a Cultura não pode ficar calada mediante o cenário político instituído no país. Colocamos em ação o projeto Cultura UNIRIO na sua casa em tempos de quarentena, que tem como objetivo difundir as produções artísticas e culturais da UNIRIO por meio das nossas redes sociais". Segundo o coordenador, a cultura será uma das últimas atividades a voltar à normalidade após este período de pandemia, dessa forma a Universidade deve mostra à sociedade que está viva e atuante, mesmo em época de crise.

A UNIRIO possui hoje cerca de 400 docentes envolvidos com a pós-graduação.Carlos Silva ressaltou a importância deste número, citando um ranking de produção científica que coloca o Brasil na 15ª posição global em termos de produção, mas ainda com pouca repercussão em citações de outros autores. "Nossa grande preocupação, e isso tem sido discutido em nossas reuniões, é conseguirmos fazer com que o crescimento na quantidade dos nossos cursos de pós-graduação também seja acompanhado da manutenção da qualidade", explicou.

Anderson Teodoro fechou a conferência com uma explicação sobre a evolução da pesquisa na UNIRIO nos últimos 10 anos. Com a apresentação de uma série de gráficos, ele destacou o aumento no número de grupos de pesquisa, apesar de um leve tendencia de queda no último ano, muito provavelmente devido aos cortes orçamentários que afetaram especialmente a participação em eventos.

Ao final da transmissão, os conferencistas responderam perguntas feitas pelos inscritos. A íntegra da conferência esta disponível no Canal Pesquisa UNIRIO, no Youtube.

 

registrado em: Coronavírus

Capes CNPQ Imagem Rede Unirio