código do Google analytics Ciência Política nas redes sociais — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

Ícone de uma filmadora na cor branca com findo azulVídeos

Você está aqui: Página Inicial / Ciência Política nas redes sociais

Ciência Política nas redes sociais

por Comunicação publicado 25/06/2020 10h55, última modificação 25/06/2020 11h02
Aulas abertas virtuais reúnem professores da UNIRIO e de outras instituições para abordar temas como democracia, eleições e partidos políticos, instituições e cidadania

Desde o mês de março, centenas de pessoas têm acompanhado, pelo Facebook, aulas abertas sobre temas como democracia, eleições e partidos políticos, instituições e cidadania, entre outros, ministradas por professores da UNIRIO e de outras instituições. A cada semana, o diretor da Escola de Ciência Política (ECP/UNIRIO), José Paulo Martins Júnior, conversa com um docente convidado – até agora, foram 10 aulas, que totalizam mais de 6 mil visualizações.

Segundo Martins, a iniciativa teve início com uma proposta do vice-reitor e professor do Centro de Ciências Jurídicas e Política (CCJP), Benedito Adeodato, para que as escolas do centro promovessem atividades de extensão, de forma virtual.

"Inicialmente, alguns colegas ficaram um pouco temerosos com a exposição que essas atividades poderiam trazer. Estamos acostumados a dar aulas para turmas de 20, 30 alunos, e numa aula transmitida por redes sociais nosso público seria maior e sem um controle de quem vai assistir. Eu, como não tinha essa preocupação, comecei a convidar alguns professores de outras instituições e a adesão foi muito boa, inclusive de docentes da Escola, que antes ficaram preocupados", explicou.

O Facebook foi escolhido por ser a rede social da ECP com mais seguidores (são atualmente 4.083). O diretor da ECP observa que alguns temas tratados são polêmicos, já que muitas vezes analisam a conjuntura e fazem críticas ao governo e às instituições. "Mas não tivemos nenhum problema, ninguém nos atacou. Pelo contrário, o engajamento muito foi grande. São milhares de curtidas, compartilhamentos", diz.

A pandemia do novo coronavírus também é pauta das conversas. Já foram abordados aspectos como a judicialização da saúde em tempos de Covid-19, as ações dos governos estaduais no enfrentamento da doença, a proteção social em tempos de crise e as perspectivas partidárias no Brasil pós-pandemia.

A próxima aula será nesta quinta-feira, 25 de junho, às 16h30, com tema "A Covid-19 na América Latina: impactos e respostas políticas em perspectiva comparada". A professora convidada é María Villareal, do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UNIRIO.

Para um futuro próximo, a intenção de José Paulo Martins é manter as atividades virtuais e, eventualmente, ampliar seu alcance. "Podemos começar a fazer cursos de extensão, de 20 ou 40 horas, falando daquilo que a gente entende, de instituições políticas, relações entre poderes, partidos políticos, eleições, temas que estão aí", completa.

Os vídeos das aulas abertas estão disponíveis no perfil da ECP no Facebook, e a programação pode ser acompanhada também pelo Instagram (@ecp_ccjp).


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio