código do Google analytics Aluna do PPGAN recebe prêmio em Congresso Nacional na área da Nutrição — Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Portal do Governo Brasileiro

Webmail | Guia Telefônico |  Perguntas Frequentes |  Fale ConoscoOuvidoriaImprensa

Central de Conteúdos

Icone de um calendárioEventos

Ícone de um jornal dobradoPublicações

ícone periódicosPortal de Periódicos

icone de uma filmadora com auto falanteAudiovisual

Você está aqui: Página Inicial / Aluna do PPGAN recebe prêmio em Congresso Nacional na área da Nutrição

Aluna do PPGAN recebe prêmio em Congresso Nacional na área da Nutrição

por comunicacao — publicado 24/06/2019 10h20, última modificação 24/06/2019 12h59
O Ganepão é um dos maiores eventos científicos, entre os Congressos de Nutrição da América Latina

A aluna de doutorado Vanessa Rosse, do Programa de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição (PPGAN), recebeu o prêmio de Menção Honrosa no Ganepão 2019: 8º Congresso Brasileiro de Nutrição Integrada – CBNI e 4º Congresso Brasileiro de Pre, Pro e Simbióticos - PreProSim. 

O Ganepão é um dos maiores eventos científicos, entre os Congressos de Nutrição da América Latina. Conta com a presença dos mais renomados profissionais de saúde do segmento, e se destaca por  apresentar conteúdo científico relevante, multidisciplinar e atual, chancelado por importantes Instituições e Associações da área da saúde. De renomada tradição, o Congresso, voltado para  profissionais da área da saúde, traz diversas atividades científicas de forma interativa e inovadora.

O trabalho, intitulado  Ação dos extratos das frutas amazônicas murici (Byrsonima crassifolia) e taperebá (Spondia mombin), tem como objetivo pesquisar a inibição da viabilidade celular de células de câncer de ovário parental e resistente à cisplatina, é coordenado pelo professor Anderson Junger Teodoro (UNIRIO) e faz parte do projeto desenvolvido no Laboratório de Alimentos Funcionais (LAAF) da UNIRIO, em parceria com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). 

O projeto estuda o papel e a relação de compostos bioativos provenientes de frutas e sua utilização no tratamento de diferentes patologias, procurando valorizar a diversidade de alimentos existentes em nosso país, mas que a respeito ainda se tem escasso conhecimento científico. Participaram ainda do trabalho a aluna de iniciação científica Thuane Passos (IC/PIBIC) e as pesquisadoras Etel Rodrigues Pereira Gimba  e Mariana Concentino Brum, do INCA.  

"Interação entre Universidade e outros parceiros (como institutos de pesquisa e entidades públicas e privadas), associada à adequada formação de recursos humanos para pesquisa, é o caminho para resultados de impacto que podem trazer benefícios reais para a sociedade" , relatou o orientador, professor Anderson Teodoro.


Capes CNPQ Imagem Rede Unirio